chamusca bibliotecamicromineiro slide

piscinas azambuja

A Câmara Municipal de Azambuja decidiu encerrar temporariamente ao público o complexo de piscinas que serve todo o concelho devido à existência de resultados positivos de existência da bactéria Legionella, ainda que apenas num número reduzido de chuveiros, em balneários com baixo volume de utilização.

Em comunicado, a autarquia refere que "a decisão de encerramento (...) se deve à necessidade de proceder a um tratamento químico e térmico que não permite que o equipamento esteja aberto ao público" e revela que vai ser feita igualmente uma "desinfeção preventiva e respetiva monitorização às instalações do pavilhão e estádio municipais, bem como nas escolas com balneários e torres de arrefecimento de sistemas de ar condicionado".

No mesmo comunicado, o município recomenda a quem tenha frequentado as instalações nos últimos 15 dias "que permaneçam atentos a eventuais sintomas semelhantes aos da gripe, como dores de cabeça, febre, tosse seca, falta de ar, arrepios ou diarreia".

"Nesse caso, deverão, naturalmente, recorrer aos serviços de saúde", refere o comunicado, garantindo que "perante os dados disponíveis, considera-se que a situação não é de alarme" mas continuará a ser acompanhada, mantendo o município o manual de procedimentos, de acordo com as recomendações do Serviço Nacional de Saúde, "que é integralmente cumprido".

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis