app chamuscamicromineiro slide

médico crianca

A Comissão Coordenadora Distrital de Santarém do Bloco de Esquerda denuncia o aumentou em mais de 10% do número de crianças em idade pediátrica que não têm médico de família.

Em comunicado, citando dados fornecidos pelo Ministério da Saúde ao Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda, o partido revela que, em menos de um ano, de maio de 2017 a fevereiro deste ano, "o número de crianças sem médico de família passou de 6.234 para 6.864, mais 630, nos dois agrupamentos de Centros de Saúde (da Lezíria e do Médio Tejo) que, praticamente, cobrem todo o distrito de Santarém".

"Esta situação é muito preocupante, pois o acompanhamento médico é essencial nesta fase precoce da vida", refere o comunicado do Bloco de Esquerda enviado à Rede Regional, que acrescenta que "o Governo pode e deve abrir já o concurso para a contratação de mais médicos de família", aproveitando as "centenas de médicos especialistas que acabaram a sua formação especializada em abril e aguardam a homologação das suas notas, algo que estará por dias".

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis