app chamuscacoruche ficor

hospital abrantes

O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), que inclui as unidades de Abrantes, Torres Novas e Tomar, está no primeiro lugar nos indicadores de acesso a consultas e cirurgias, no ano de 2017.

A informação é do próprio centro hospitalar, que cita dados da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), onde, no Indicador Acesso a Cirurgias – Cumprimento do Tempo Máximo de Resposta Garantido (TMRG), o Centro Hospitalar do Médio Tejo ocupa o primeiro lugar no seu grupo, com uma percentagem de execução de 94% dos casos.

Também no indicador Acesso a Consultas, o CHMT lidera, apresentando 60 dias de espera média no indicador Acesso a Consultas, no grupo C, que integra as entidades hospitalares equiparadas.

A nível distrital, estes indicadores, entre outros, espelham a liderança do CHMT no acesso a prestação de cuidados de saúde no distrito de Santarém, mas também a nível nacional.

Destaque ainda para a realização de cirurgias em ambulatório que, no primeiro trimestre de 2018, apresenta um acréscimo de 5,9%, face ao período homólogo de 2017.

Inauguração FICOR 2018, em Coruche - Fotos de João Dinis