chamusca appmicromineiro slide

hospital abrantes

As obras de requalificação das urgências do Hospital de Abrantes só deverão avançar em março do próprio ano. A informação é avançada pelos representantes das estruturas de utentes do Médio Tejo, que reuniram no dia 6 de julho com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo.

Nesta reunião, onde se debateu a prestação de cuidados hospitalares foi ainda informado pelos responsáveis hospitalares que o novo equipamento de Tomografia Axial Computadorizada (TAC) só deverá ser instalado no Hospital de Tomar próximo do final do ano.

Segundo os utentes, o principal problema do Centro Hospitalar do Médio Tejo é a falta médicos. "Só 141, nos quadros. Apenas meia dúzia, ingressaram ao abrigo incentivos zonas carenciadas. Daí o recurso elevado a tarefeiros", referem, em comunicado.

Destaque ainda para o facto de, no primeiro trimestre deste ano, o tempo de espera para consultas e cirurgias ter baixado, ao mesmo tempo que aumentaram as cirurgias e consultas.

XTerra Golegã - Fotos Carlos Simões