chamusca ascensao2017fna2017

alpiarcacentrosaude

O centro de saúde de Alpiarça tem uma nova médica de família, que entrou em funções no passado dia 10 de abril para substituir de forma permanente a médica de nacionalidade cubana que garantiu este serviço nos últimos dois anos.

A população da vila reclamava há vários anos a colocação de mais clínicos no centro, tendo em conta as dificuldades em arranjar consultas ou garantir a prescrição de receitas médicas.

Segundo a Câmara de Alpiarça, existem, neste momento, quase 1.000 utentes sem médico de família atribuído, o que coloca o município numa situação menos grave do que outros concelhos vizinhos da Lezíria do Tejo.

“Tal situação não deixa de exigir a mobilização da Câmara, assumindo o sentido do sentimento da sua população e das estruturas que representam os utentes, para continuar a ser mantida a exigência ao Governo e Ministério da Saúde da colocação de mais um médico que garanta a cobertura a todos os alpiarcenses”, explica a autarquia em comunicado.

Para atendimento dos utentes que ainda não têm médico de família atribuído, estão a ser realizadas consultas de reforço às quartas-feiras à tarde e às quintas de manhã.

Balonismo em Coruche - Fotos João Dinis