chamusca appfestival bike2017

santaremCBESsnoezelen

“É o concretizar de uma ambição antiga que já andávamos a perseguir há anos”, segundo o presidente da direção do Centro de Bem Estar Social (CBES) de Vale de Figueira”, José Alexandre Silva.

O CBES apresentou esta segunda-feira, 20 de fevereiro, a sua nova Unidade de Bem Estar Social (CBES), que coloca à disposição da população valências como um gabinete de psicologia, uma sala de fisioterapia e ginásio, uma sala de snoezelen para deficientes profundos, um espaço para formação e quatro residências assistidas, que deverão estar concluídas a breve prazo.

O investimento, quase todo a expensas da instituição, ronda os 235 mil euros.

As residências assistidas resultam da transformação do espaço do antigo ATL, e custaram cerca de 144 mil euros, valor que ainda não inclui o recheio das habitações.

A adaptação do espaço no piso -1 para acolher as salas das restantes valências custou perto de 91 mil euros, segundo o que foi explicado pelos responsáveis desta instituição do concelho de Santarém.

O projeto da UBES inclui ainda criação de um futuro jardim sensorial, um espaço ao ar livre que funcionará como uma espécie de prolongamento da sala de snoezelen, e destinado a deficientes profundos ou portadores de demências graves.

A UBES, que já está em funcionamento, não se destina somente aos utentes e colaboradores do CBES, é sobretudo virada para toda a comunidade, onde se incluem outras instituições particulares de solidariedade social, associações e coletividades, empresas ou escolas, entre outras.

Operações de busca e resgate aquático - Fotos João Dinis