app chamuscamicromineiro slide

Saúde

carlosmatiasBEdeputado

O grupo parlamentar do Bloco de Esquerda entregou na Assembleia da República um Projeto de Resolução que exige ao governo o reforço e a restruturação do serviço de urgências do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT).

Os deputados, entre os quais Carlos Matias, eleito pelo círculo de Santarém, querem que o Ministério da Saúde assegura que os três polos do CHMT, Torres Novas, Tomar e Abrantes, disponham “de serviços de urgência médico-cirúrgica, de medicina interna, de cirurgia e de pediatria, com recursos necessários para o seu normal funcionamento e com suficiente capacidade de resposta”, segundo se lê no documento.

No Projeto de Resolução, o BE quer ainda que sejam contratados os profissionais em falta para assegurar “o alargamento das valências disponíveis nos hospitais”, e que o governo garanta “o transporte gratuito entre as várias unidades do centro hospitalar aos utentes que tiveram alta em unidade diferente daquela em que deram entrada, para que nenhum utente fique deslocado depois de alta hospitalar, exceto por opção do próprio”.

Os bloquistas recordam ainda que, em 2012, a reorganização do CHMT, “levou a uma substancial redução das valências existentes em Torres Novas e em Tomar e à concentração de serviços no polo de Abrantes”, provocando uma afluência de doentes que tem evidenciado “os limites físicos e humanos de uma estrutura que não foi concebida para tamanho universo de utentes”.

santaremfeiragravias

“Um Dia com a Grávida” é o nome da iniciativa que a maternidade do Hospital de Santarém vai realizar no Jardim da Liberdade, no próximo dia 23 de junho.

Subordinado ao tema “a família”, o encontro será marcado por várias atividades didáticas ao longo de todo o dia, casos de sessões sobre a importância de ser pai, yoga para toda a família, photobooth, o “Hospital da Bonecada”, um “Mercadito”, massagens para grávidas, e desfiles de moda, entre outras.

O espaço terá ainda uma quermesse e será ainda realizado um sorteio de produtos importantes para o bem-estar da grávida e do recém-nascido.

O programa completo de atividades e todas as informações sobre esta iniciativa podem ser consultadas na página do facebook da maternidade do Hospital de Santarém.

santaremhospitaljornadaspsiaq

A greve que os trabalhadores da saúde realizaram esta sexta-feira, 15 de junho, teve impactos no normal funcionamento dos serviços nas unidades hospitalares do distrito de Santarém.

No Hospital de Santarém, segundo números divulgados pela direção distrital do Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais, a adesão geral chegou aos 75%, e a urgência, urgência pediátrica, medicina III e aprovisionamento foram assegurados pelos serviços mínimos.

No Hospital de Tomar, a adesão chegou aos 85% entre os trabalhadores administrativos e assistentes operacionais e causou o encerramento do bloco operatório e do serviço de esterilização.

Nas unidades de Torres Novas e Abrantes, os números da adesão cifraram-se nos 70% e 85%, respetivamente, e vários serviços estiveram encerrados ou a funcionar em serviços mínimos, segundo a mesma fonte.

Com esta greve, os profissionais de saúde reivindicaram a contratação de mais trabalhadores e a regularização dos contratos de trabalho precário, a criação da carreira de Técnico Auxiliar de Saúde e o cumprimento ao direito do Abono de Falhas, entre outras questões.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis