chamusca pinoquioavisan2017

Saúde

santaremgrevelimpezatrabs

A greve dos trabalhadores da empresa Foamy Sparkle, que presta serviços de limpeza no Hospital Distrital de Santarém (HDS), registou uma adesão de 70%, segundo números divulgados pelo Sindicato dos Trabalhadores em Função Pública e Sociais do Sul e Regiões Autónomas (STFPSSRA).

Além da não comparência ao trabalho, parte dos trabalhadores concentrou-se em protesto à porta do Hospital de Santarém

Esta ação de luta surge pelo facto da empresa “não estar a cumprir com o dever de pagamento pontual da retribuição, não proceder convenientemente à marcação de férias e cortar ilegalmente no vencimento, entre outras irregularidades”, explica uma nota de imprensa do STFPSSRA.

O sindicato exorta ainda a administração do Hospital de Santarém a “não permitir que existam situações de salários em atraso em empresas ao seu serviço”.

santaremHospitalmedicamentos

Os trabalhadores da empresa de limpezas Foamy Sparkle, que presta serviço no Hospital de Santarém, emitiram um pré-aviso de greve para esta quinta-feira, dia 23 de novembro.

Em causa está incumprimento do pagamento dos vencimentos no dia legalmente exigido, a não entrega dos recibos de vencimento e a não aprovação do mapa de férias dos trabalhadores, segundo um comunicado do Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas (STFPSSRA).

“A empresa Foamy Sparkle demonstra uma completa falta de respeito e consideração pelos trabalhadores”, considera o STFPSSRA, que “espera uma forte adesão dos trabalhadores à greve decretada, pois estão em causa o direito ao salário, ao gozo de férias, o pagamento dos subsídios de férias e de natal”.

Os trabalhadores vão concentrar-se às 10 horas junto à entrada do Hospital de Santarém “para demonstrar o seu descontentamento”, adianta o sindicato.

vmer nova

O Hospital Distrital de Santarém e o Hospital de Abrantes, integrante do Centro Hospitalar do Médio Tejo, recebem esta quarta-feira, 22 de novembro, novas Viaturas Médicas de Emergência e Reanimação (VMER).

As VMER são veículos de intervenção pré-hospitalar destinados ao transporte rápido de uma equipa médica ao local onde se encontra o doente. O seu principal objetivo consiste na estabilização pré-hospitalar e no acompanhamento médico durante o transporte de vítimas de acidente ou doença súbita em situações de emergência, assumindo um papel preponderante no apoio às populações.

As VMER atuam na dependência direta dos Centros de Orientação de Doentes Urgentes do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e têm base num hospital.

Com as alterações recentes na legislação, as VMER passam a ser propriedade dos hospitais a que estão afectos, que devem assegurar a sua manutenção, incluindo a contratação de seguros e estado de operacionalidade permanente.

A entrega será feita simbolicamente numa cerimónia que terá lugar no Hospital Fernando Fonseca, às 12h00, e que será presidida pelo Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis