app chamuscafestival bike sideshow

Politica

abrantestejolimpoministro

O ministro do Ambiente garantiu que a água do rio Tejo apresenta, de momento, “boa qualidade”.

As declarações de João Pedro Matos Fernandes foram feitas em Abrantes, no final da 8ª reunião da Comissão de Acompanhamento sobre a Poluição no rio Tejo, um grupo de trabalho constituído há sete meses, na sequência da situação de poluição extrema que afetou este curso de água.

Em jeito de balanço, o responsável do governo sublinhou os resultados das várias medidas tomadas pelo Ministério do Ambiente, casos da retirada de mais de 15 mil metros cúbicos de lamas do Tejo, que eram poluição e que correspondia a 94% da carga orgânica, e da realização de mais de nove mil análises, desde novembro de 2017, que servem para aferir a qualidade da água, em sete pontos diferentes, desde Peraia, à entrada do Tejo em Portugal, e até Constância.

João Pedro Matos Fernandes anunciou ainda a criação do projeto “Tejo Limpo”, que representa um investimento de 3,6 milhões de euros nos próximos três anos, e que prevê o reforço de meios técnicos para a fiscalização do Tejo, o regresso dos antigos guarda-rios (vigilantes da natureza) e a criação de plataforma tecnológica para concentração de toda a informação de gestão, no sentido de aferir os resultados do autocontrole diário de todas as fábricas e de todas as estações de tratamento de águas residuais.

encostas sta margarida

A declaração de utilidade pública que permite à Câmara de Santarém avançar com a execução da empreitada de consolidação do topo da encosta de Santa Margarida foi publicada esta terça-feira, 7 de agosto, em Diário da República.

A autorização da Direção-Geral das Autarquias Locais (DGAL), publicada após despacho do Secretário de Estado das Autarquias Locais, vai permitir a conclusão do processo de expropriação dos terrenos, com caráter de urgência e, consequentemente, a execução da empreitada de consolidação do topo da encosta de Santa Margarida, junto às Portas do Sol.

A conclusão da obra é fundamental para a reabertura ao trânsito do troço da EN114 entre São Bento e a Ponte D. Luís.

patricia fonseca cds-pp

A deputada Patrícia Fonseca, de 46 anos, foi eleita esta segunda-feira, 30 de julho, presidente da distrital de Santarém do CDS-PP, substituindo no cargo José Vasco Matafome, que liderava o organismo há três mandatos.

Deputada na Assembleia da República pelo círculo de Santarém desde outubro de 2015, Patrícia Fonseca liderou a única lista que se apresentou a eleições, assumindo agora um mandato de dois anos dos centristas do Ribatejo.

"Trabalhar na mobilização interna do partido, melhorando a articulação com os autarcas eleitos, e trabalhar para ‘ouvir Santarém' em todos os seus concelhos", é o principal objetivo da engenheira agrónoma, que defende a necessidade de "encontrar respostas que garantam a coesão económica e social" do território, entre elas a captação de investimento reprodutivo e potenciar a economia social.

juntamente com Patrícia Fonseca, que será presidente da Comissão Política Distrital, foram eleitos Filipe Teixeira (presidente da Mesa do Plenário) e Manuel Custódio de Oliveira (presidente do Conselho de Jurisdição).

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis