app chamuscamicromineiro slide

Politica

luis patricio goncalves

A Câmara Municipal de Coruche aprovou um voto de pesar pelo falecimento do ex-deputado Luís Patrício Rosado Gonçalves, ocorrido a 30 de abril, aos 72 anos, dirigindo as mais profundas condolências à família enlutada.

Nascido a 13 de abril de 1946, Luís Patrício Gonçalves dedicou um longo período da sua vida à luta contra o regime fascista e integrou durante cerca de 20 anos a Assembleia Municipal de Coruche, na qualidade de Deputado Municipal eleito pelo Partido Socialista, partido pelo qual foi dirigente local e distrital do PS.

A Câmara Municipal de Coruche prestou-lhe a homenagem em vida na sessão pública dedicada ao 25 de Abril em 2015, no âmbito das comemorações dos 40 anos das primeiras eleições livres para a Assembleia Constituinte, destacando da ata os “notáveis serviços prestados enquanto Deputado Constituinte, eleito pelo círculo eleitoral de Santarém”.

Luís Patrício Gonçalves, foi deputado constituinte em 1975 e fez parte do grupo de pessoas a quem coube consolidar a democracia através da elaboração e aprovação da Constituição da República Portuguesa, elevando o nome da nossa terra e marcando a História da nossa jovem democracia.

"A Câmara Municipal de Coruche reconhece o valor interventivo e o importante papel que desempenhou ao longo da sua vida e em particular neste período da História de Portugal sem nunca deixar de intervir publicamente em Coruche, constituindo o seu falecimento uma enorme perda para o concelho", diz a autarquia em comunicado.

ps orgaos nacionais

A Federação Distrital de Santarém do Partido Socialista (PS) reforçou a sua presença nos órgãos nacionais do partido, que se reuniram esta quarta-feira, 6 de junho.

Idália Serrão foi eleita para a vice-presidência da Mesa da Comissão Nacional, enquanto Maria do Céu Albuquerque e Francisco André foram eleitos para o Secretariado Nacional, sendo que este último vai integrar também a Comissão Permanente.

Para a Comissão Política foram eleitos Anabela Freitas, Carlos Nestal e Pedro Pereira. António Gameiro, presidente da federação, integra a Comissão Política, e também a Comissão Nacional.

A nova composição destes órgãos foi determinada na primeira reunião da Comissão Nacional, que integra, além de António Gameiro, os dirigentes federativos Hugo Costa, Francisco Oliveira, Fernanda Asseiceira, Mara Lagriminha, Mário Balsa e Joaquim Rosa do Céu.

Em comunicado, o PS distrital considera que este reforço da representação do Distrito de Santarém na estrutura nacional do Partido Socialista surge como um claro reconhecimento dos excelentes resultados obtidos pelo PS nas últimas autárquicas.

O líder distrital dos socialistas, António Gameiro diz que “o foco agora deve estar na melhoria das condições de vida dos cidadãos do Ribatejo, uma região que precisa de uma ação política articulada entre todos e fortemente participada pelos cidadãos.”

Por isso mesmo, a estratégia da Federação de Santarém do PS passa pela organização de um conjunto de iniciativas, mobilizadoras da sociedade civil e que envolvam os agentes políticos, particularmente os deputados”, sublinhou António Gameiro, que é, ele próprio, também deputado.

Para o líder da Federação “é importante uma presença marcada e constante dos deputados no território, uma presença que a nossa equipa de deputados faz questão de assinalar, mas que tem de ser reforçada através da eleição de mais mandatos, porque há muito trabalho a fazer por esta região”.

torresnovasindicesustentabilidade

O Teatro Virgínia, em Torres Novas, vai acolher o evento de apresentação da primeira versão do “Índice de Sustentabilidade Municipal” (ISM), no próximo dia 14 de junho, a partir das 14 horas.

Este ISM é fruto do trabalho desenvolvido por uma rede de autarquias piloto que tem por objetivo tornar os seus territórios mais sustentáveis cumprindo os dezassete Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e as 169 metas, constantes na Agenda 2030 das Nações Unidas.

A sua execução está a ser concretizada através de uma parceria entre a Universidade Católica e as Câmaras de Abrantes, Águeda, Alenquer, Braga, Cascais, Chamusca, Chaves, Fundão, Horta, Lagos, Loures, Mação, Palmela, Santarém, Santo Tirso, Sintra, Torres Novas, Torres Vedras, Valongo e Vila Franca de Xira.

O trabalho visa essencialmente “a elaboração de uma investigação-ação sobre a participação dos cidadãos e a implementação de medidas de transição para a sustentabilidade”, explica uma nota da Câmara de Torres Novas.

Para esta sessão de apresentação, estão confirmados como oradores Pedro Saraiva, da Universidade de Coimbra, e Mafalda Ferreira, da Agência de Desenvolvimento e Coesão.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis