chamusca appmicromineiro keepcalm

Politica

abrantesPSDantoniocastelbranco

O arquiteto António Castelbranco vai ser o cabeça de lista do PSD à Câmara Municipal de Abrantes nas próximas eleições autárquicas, estando a apresentação oficial da sua candidatura marcada para o próximo dia 4 de fevereiro.

A informação consta de um comunicado da Comissão Política da Secção (CPS) de Abrantes do PSD, que reuniu no passado fim-de-semana para fazer um balanço do último ano autárquico no concelho.

Segundo Rui Santos, o presidente da CPS, os social-democratas vão apresentar candidatos a todas as freguesias e um programa para os próximos 100 anos.

Mostrando-se preocupado com a atual situação política no concelho, o responsável acusou o atual executivo PS de “falta de estratégia, recorrendo a medidas avulsas para encher o olho, muitas delas adotadas depois do PSD suscitar os problemas e sugerir soluções em prol do bem-estar da comunidade abrantina”.

A poluição no rio Tejo e as suas consequências a nível ambiental e do turismo, a política fiscal e a falta de captação de investimento foram algumas das questões enfatizadas pelos responsáveis locais do PSD, que se assumem “como uma alternativa para um futuro melhor em Abrantes”.

tomarescolanunoalvares

A Câmara Municipal de Tomar está obrigada a devolver cerca de 740 mil euros à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) Centro relativos a inconformidades na requalificação da Escola Básica 2,3 Nuno Álvares Pereira.

Em comunicado, o atual executivo liderado pela socialista Anabela Freitas indica que as obras foram “integralmente realizadas” antes da sua tomada de posse, ou seja, dizem respeito à gestão da equipa liderada pela social-democrata Carlos Carrão.

Cerca de 640 mil euros “correspondem a inconformidades da candidatura relativamente à execução da obra, tendo a Autoridade de Gestão identificado trabalhos medidos e faturados que não foram concretizados”, refere o mesmo comunicado, que acrescenta que a autarquia já está a elaborar um plano de pagamentos para apresentar à CCDR Centro.

A obra decorreu entre março de 2009 e janeiro de 2012, sob a fiscalização da extinta ASTAQ.

almeirim praca touros

O presidente da Câmara Municipal de Almeirim, Pedro Ribeiro, quer dar uma nova cara à zona do Parque das Tílias e da Praça de Touros da cidade, onde se concentram também alguns dos restaurantes mais conhecidos e frequentados do concelho "capital" da Sopa da Pedra, que acolhem diariamente centenas de visitantes.

"Na passada semana tive a primeira reunião de trabalho com vista a dar início ao projeto de estudo prévio para a zona", confirma Pedro Ribeiro na sua página do facebook, acrescentando que "o objetivo é planear para o futuro uma intervenção que melhore substancialmente uma zona da cidade que é visitada por centenas de milhares de pessoas anualmente".

Pedro Ribeiro revela que a autarquia contratou o arquiteto Bruno Soares, um urbanista responsável, entre outros projetos, pelas obras recentes no Cais do Sodré, Largo do Corpo Santo e Terreiro do Paço em Lisboa.

"Temos consciência que esta intervenção não é para fazer 'amanhã' mas sabemos todos que é fundamental preparar e planear o futuro. Se isso for feito por pessoas especializadas e com créditos firmados todos ganhamos, sobretudo quando se trata de turismo", conclui Pedro Ribeiro.

Desert Challenge 2017