app chamuscamicromineiro slide

Politica

O atual presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, ganhou este sábado, 5 de maio, as eleições para a Comissão Política Concelhia (CPC) do PSD de Santarém.

A lista D, de Ricardo Gonçalves, conseguiu 253 votos, contra 170 da Lista A, de Maria Fernanda Azoia, que englobava a maior parte dos elementos da anterior CPC, e 70 da lista T, liderada pela ex-vereadora Susana Pita Soares.

A lista de Ricardo Gonçalves (A União Faz a Força) aos vários órgãos do partido inclui os seguintes nomes:

Comissão Política de Secção:

Presidente - Ricardo Gonçalves Ribeiro Gonçalves

1º Vice-presidente – Ramiro José Jerónimo de Matos

2.º Vice-presidente – João Francisco Ferreira Teixeira Leite

Secretária – Teresa Cristina Rocha Matias Ferreira

Tesoureira – Carla Patrícia Lopes Neto

1.ª Vogal – Maria Inês Leiria Barroso Ferreira Lopes

2.º Vogal – Jorge Manuel Fernandes Rodrigues

3.º Vogal – Ricardo Gonçalves dos Santos Rato

4.º Vogal – Carlos António Marçal

5.º Vogal - Manuel Joaquim Vieira

6.º Vogal – Joaquim Manuel Gaspar Aniceto

7.ª Vogal – Catarina Silva

8.º Vogal – Vasco Filipe Rodrigues Tomás

Suplentes:

1.ª - Elisa Maria dos Santos Gonçalves

2.º - Ricardo Jorge Duarte Frazão

3.º - Fábio Alexandre Paiva Moutinho

4.º - Gustavo Manuel da Silva Murteira

Assembleia Distrital de Militantes do PSD

1.º - João de Oliveira Neves

2.º - José João Delgado Pedro

3.º - Paulo Tiago Rodrigues dos Santos

4.º - Filipe Frade Brígida

5.º - Emídio Emanuel Campos Vieira

6.ª - Cristina Cordeiro dos Santos

7.º - Manuel Armando Gomes

8.º - Nuno Miguel Gomes Carvalho

9.ª -  Marta Maria Espinha Mexia

10.º - Tiago Alexandre Ferreira Vitorino

11.º - Ricardo Gonçalves dos Santos Rato

12.º - Duarte Louro Rei

13.ª - Cláudia Sofia da Silva Inês

14.º - Adriano Simões Pereira Martins

15.º - Luis Carlos Gonçalves Ribeiro Gonçalves

16.º - Nuno Filipe David Teixeira

17.º - Pedro Nuno Filipe Venceslau Coimbra

18.ª - Inês Almeida Mendes

19.ª - Carla Patrícia Lopes Neto

20.ª - Maria Inês Leira Barroso Ferreira Lopes

21.º - Carlos Miguel de Abreu Jerónimo Frazão

22.º - João José dos Santos Fortunato

Suplentes:

1.ª - Ângela Teles Prates

2.ª - Vânia Crespo Rafael

3.º - Tiago Alexandre dos Santos Frazão

4.º - Vítor Hugo Guerra Mineiro

5.º - João Miguel Marcos Luz

6.º - Joaquim Manuel Gaspar Aniceto

7.º - Vasco Filipe Rodrigues Tomás

Mesa da Assembleia de Secção do PSD de Santarém

Presidente - Diogo Francisco Russo Gomes

Vice-presidente – Pedro Rui Figueiredo dos Santos Branco

Secretário – Pedro Nuno Filipe Coimbra

Suplente:

Ana Beatriz Carvalho Teixeira Leite

gnr gips

Os deputados do PSD questionaram esta quinta-feira o Ministro da Administração Interna sobre a falha de meios do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) da GNR no Sardoal, no dia 1 de maio, o primeiro dia em que estas equipas deviam estar operacionais.

No documento enviado ao governante cujo primeiro subscritor é Duarte Marques, de Mação, eleito pelo círculo de Santarém, os deputados do PSD dizem ter tido conhecimento "que no dia 1 de maio, o primeiro dia em que os GIPS da GNR estão no terreno em funções, o grupo colocado no Sardoal para a primeira intervenção, foi chamado a intervir mas não o pode fazer".

Ainda de acordo com o mesmo documento, "a equipa helitransportada, que substituiu a FEB, não pode atuar porque o helicóptero não estava ainda disponível no local e a equipa terrestre não tinha transporte disponível".

Recordando os vários alertas feitos, os deputados lamentam que exista "uma equipa de 18 elementos colocados no Sardoal para a primeira intervenção, mas não possuem o equipamento necessário para desempenharem as suas funções.

Nas perguntas enviadas ao ministro, os deputados querem saber se este confirma a situação, designadamente a falta de um helicóptero e um veículo todo o terreno, e "quando estarão disponíveis todos os equipamentos necessários, designadamente os respetivos meios de transporte, para as equipas dos GIPS da GNR que estão no terreno com a missão de primeiro combate aos incêndios florestais".

"Recordamos que, em 2017, o Governo tinha prometido colocar mais militares no terreno. No entanto, no início do verão passado muitos dos militares formados saíram das Forças Armadas e a verdade é que chegou ao final a época de incêndios e os equipamentos de proteção individual nunca foram entregues", refere ainda o documento do PSD.

psd-moura serra

O ex-deputado e atual presidente da Assembleia Municipal de Ourém, João Moura, e o deputado e atual presidente da Distrital, Nuno Serra, disputam este sábado, 5 de maio, a presidência da Comissão Política Distrital do PSD de Santarém.

Nuno Serra (Santarém) lidera a lista “21 Concelhos a Mesma Ambição”, que tem como vice-presidentes à Comissão Política Duarte Marques (Mação) e Esmeralda Reis (Ourém).

O candidato a presidente da Mesa da Assembleia Distrital é José Pinheiro Lopes (Ourém), enquanto Jacinto Lopes, presidente da Câmara de Ferreira do Zêzere, é o candidato ao Conselho de Jurisdição. A Comissão de Auditoria Financeira é liderada por António Campos (Santarém) e inclui ainda Natálio Reis (Ourém), enquanto o presidente da Câmara do Sardoal, Miguel Borges, será o representante dos autarcas sociais democratas e Vasco Estrela, presidente da Câmara de Mação, irá ser o responsável pela coordenação dos núcleos estratégicos.

Os restantes nomes da lista de Nuno Serra serão apresentados esta quinta-feira, às 20h00, num jantar em Santarém.

Quanto a João Moura, que apresentou a sua lista “Genuinamente Social Democratas, com Garra e Paixão” na segunda-feira, 30 de abril, terá como vice-presidentes da Comissão Política Distrital Vânia Neto (Santarém) e Tiago Carrão (Tomar). Rui Rufino (Chamusca) será o secretário e Ricardo Oliveira (Benavente), o tesoureiro.

A candidata à Mesa da Assembleia Distrital da lista de João Moura será Isaura Morais, ex-presidente da distrital e atual presidente da Câmara de Rio Maior, que terá como vice-presidente Ana Vieira (Ourém), e como secretários Sónia Ferreira (Benavente) e João Brito (Alpiarça).

O Conselho de Jurisdição terá como primeiro efetivo Adelino Cruz (Santarém), enquanto Jorge Lopes (Santarém) terá igual função na comissão de auditoria financeira.

Como curiosidade, a lista de João Moura, de Ourém, inclui várias pessoas indicadas pela concelhia de Santarém, de onde é natural Nuno Serra, que é mesmo o concelho com maior número de candidatos mas listas de João Moura, enquanto Serra inclui em vários lugares de destaque elementos pertencentes a Ourém, a concelhia do seu adversário.

As eleições para os órgãos distritais do PSD de Santarém realizam-se este sábado, dia 5 de maio, entre as 14h00 e as 20h00.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis