chamusca appmicromineiro slide

Politica

 ana cristina ribeiro

A ex-presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Ana Cristina Ribeiro, que deixou a liderança da autarquia em 2013, por ter atingido o limite de mandatos, vai concorrer novamente como cabeça de lista do Bloco de Esquerda (BE) à autarquia salvaterrense.

A notícia é avançada pela agência Lusa, que cita um comunicado do BE, onde o partido refere que a escolha de Ana Cristina Ribeiro “foi tomada pelos militantes do Bloco de Esquerda em Salvaterra de Matos”, tendo sido ratificada esta sexta-feira, 12 de maio, pela estrutura distrital.

Conhecida na vila por ‘Anita’, Ana Cristina Ribeiro foi eleita presidente da autarquia pela primeira vez em 1997, pela CDU, derrotando o PS, mas desentendimentos com o PCP, levaram-na a concorrer pelo Bloco de Esquerda em 2001, 2005 e 2009, cumprindo 4 mandatos consecutivos.

Em 2005, o Ministério Público arquivou um processo em que a autarca era suspeita de favorecimento num concurso público, enquanto em 2013 o Tribunal de Vila Franca de Xira arquivou o processo em que era arguida, juntamente com um ex-vereador e um chefe de divisão, acusados de falsificação de documentos, por alegadas ilegalidades na adjudicação direta de uma empreitada.

O atual presidente da Câmara de Salvaterra é o socialista Hélder Esménio, que já anunciou a sua recandidatura nas eleições autárquicas de 1 de outubro.

O deputado do PSD eleito pelo distrito de Santarém, Duarte Marques, confrontou esta quinta-feira o Ministro do Planeamento e Infraestruturas sobre os atrasos no lançamento de um conjunto de obras há muito esperadas no distrito de Santarém, com especial destaque para a requalificação e alteração do traçado da EN362 que liga Santarém a Alcanede.

Num debate que teve lugar na Comissão de Economia e Obras Públicas do Parlamento, Duarte Marques criticou o incumprimento das promessas socialistas na recuperação da EN362, “cujo lançamento do concurso para terá sido atrasado em 2016 na sequência das cativações feitas no orçamento das Infraestruturas de Portugal”.

Além da ligação de Santarém a Alcanede, Duarte Marques referiu ainda a importância da ligação do IC9 a Fátima, a Nacional 361, a intervenção na ponte da Chamusca, e a finalização do IC3, que teimam em sair do papel.

Duarte Marques criticou ainda o facto do Governo ter excluído a zona de Santarém das novas zonas de valorização económica, uma região exporta cerca de 500 milhões de euros, entre o sector da pedra, do frio, colchões e curtumes.

Na resposta, o ministro, Pedro Marques, voltou a não concretizar datas para o lançamento do concurso para a requalificação da EN362.

pedro duque ps sardoal

Pedro Duque, vereador na Câmara Municipal de Sardoal desde 2005, vai ser o cabeça de lista do Partido Socialista (PS) à autarquia nas Eleições Autárquicas de 1 de Outubro.

Natural de Alcaravela, Pedro Miguel Lobato Duque, de 43 anos, é licenciado em Gestão de Empresas e Inspetor Tributário da Autoridade Tributária (AT).

É ainda dirigente associativo, fazendo igualmente parte dos Órgãos Distritais do Partido Socialista.

XTerra Golegã - Fotos Carlos Simões