chamusca appcoruche sabores-tasquinhas

Politica

etar chamusca

A empresa intermunicipal Águas do Ribatejo garantiu a aprovação da candidatura e financiamento para a construção de uma nova Estação Elevatória de Águas Residuais (EEAR), emissário e rede de drenagem das águas residuais de Porto do Carvão para a ETAR da Chamusca.

O objetivo é garantir o tratamento eficaz e seguro das águas residuais provenientes da Zona Industrial e da Zona Norte da vila da Chamusca e rua do Rone. Após o tratamento na ETAR da vila, as águas limpas serão devolvidas ao Rio Tejo.

A operação aprovada tem um valor estimado de 433 mil euros e será financiada em 85% pelo POSEUR PORTUGAL 2020, suportando a Águas do Ribatejo a comparticipação nacional.

Paulo Queimado, presidente da Câmara da Chamusca, considera que “este é um investimento para melhorar a qualidade e segurança do saneamento no concelho da Chamusca onde a Águas do Ribatejo já investiu cerca de 10 milhões de euros desde 2010. Não nos esqueçamos que esta é também uma medida de proteção do ambiente, que segue as políticas de gestão ambiental seguidas pelo município.”

Já Francisco Oliveira, presidente do Conselho de Administração da Águas do Ribatejo, congratula-se com o avanço desta obra que será mais um contributo para a melhoria da qualidade de vida das populações da Chamusca.

comboio-entroncamento

A Câmara Municipal do Entroncamento quer aproveitar a modernização da rede ferroviária nacional para se assumir como uma grande plataforma logística do país.

O presidente da autarquia, Jorge Faria, esteve no dia 5 de março na Covilhã na cerimónia que marcou o início das obras de modernização do troço Covilhã – Guarda, encerrado há 10 anos, e que irá permitir a ligação da linha da Beira Baixa à linha da Beira Alta e consequentemente completar o Corredor Internacional Norte, que permite a ligação entre o arco metropolitano do Porto e o sistema do centro litoral, respetivos portos, aeroportos e plataformas logísticas, a Espanha e ao resto da Europa, e do qual o Entroncamento é um importante vértice.

O Corredor Internacional Norte é um dos corredores que integram o Plano de Investimentos em Infraestruturas – Ferrovia 2020, que pretende projetar Portugal na Europa, nomeadamente através da modernização da rede ferroviária nacional, contribuindo para a maior competitividade e eficiência do transporte de mercadorias.

Fazem também parte do Ferrovia 2020, o Corredor Internacional Sul, o Corredor Norte Sul, no qual o Entroncamento também se integra, e os Corredores Complementares. Todos eles serão alvo de investimentos estruturantes, num total de 2 mil milhões de euros, incluindo a tão desejada eletrificação da totalidade da linha da Beira Baixa.

Jorge Faria não tem dúvidas que “este programa de modernização da rede ferroviária, vai aumentar a competitividade do transporte ferroviário e o Entroncamento, pela sua centralidade geográfica e pelos investimentos previstos para a melhoria das acessibilidades rodoviárias à sua área logística e industrial, tem tudo para se afirmar como uma das plataformas logísticas mais relevantes do país.”

nuno serra

O atual líder da Distrital do PSD de Santarém, Nuno Serra, anunciou esta segunda-feira, 5 de março, numa reunião da Assembleia Distrital do PSD realizada em Mação, a sua recandidatura para um último mandato de dois anos à frente da distrital.

Para este novo mandato, Nuno Serra anunciou que manterá muitas das prioridades que teve até aqui, até porque muitos dos problemas ainda não estão resolvidos e contionuam a merecer o "maior empenho” do partido.

A proximidade aos 21 concelhos foi o mote da liderança de Nuno Serra, que sempre manifestou preocupação com a qualidade dos serviços de saúde, os problemas ambientais, a aposta no tecido económico empresarial e na fileira agroalimentar, a melhoria das infraestruturas e acessibilidades e o reconhecimento do terceiro sector como parceiro decisivo do combate às desigualdades.

Nuno Serra assume como missão “garantir a unidade necessária e o empenho para que o PSD possa voltar a ser governo, o mais rapidamente possível, um objetivo que continuará a contar com o apoio do PSD no distrito de Santarém, com uma oposição séria e construtiva ao governo de esquerda e visando dar a vitória ao PSD nas próximas eleições legislativas.” 

O ainda presidente da distrital social democrata destacou igualmente a necessidade de começar “já a preparar as próximas eleições autárquicas, para aumentar ainda mais o número de mandatos autárquicos do PSD, pois autárquicas não se ganham na véspera de eleições”.

Cerimónia de Apresentação Santarém Cup 2018