chamusca carmen theobanner-cortes-e-lendas

Politica

constanciajuliaamorim

A atual presidente da Câmara Municipal de Constância, Júlia Amorim, vai ser a cabeça de lista da CDU nas próximas eleições autárquicas.

“Vamos para a próxima batalha com toda a confiança”, escreve a autarca, de 53 anos, na sua página do Facebook, onde se pode ler também António Mendes, histórico ex-presidente da Câmara de Constância, será novamente o candidato do partido à Assembleia Municipal.

O anúncio foi feito durante um almoço de prestação de contas dos eleitos da CDU, realizado na Portela de Santa Margarida da Coutada, onde foi divulgado que António Pinheiro também se vai recandidatar à Assembleia de Freguesia de Santa Margarida da Coutada.

Professora de biologia e militante do PCP, Júlia Amorim recandidata-se ao segundo mandato à frente da autarquia, depois de ter sido presidente da Junta de Freguesia de Constância entre 1990 e 1993, e vereadora eleita pela CDU, desde 1994 a 2013.

cartaxopontevelhernanirodrigues

O Movimento Juntos Pela Mudança, liderado pelo PSD no concelho do Cartaxo, anunciou a candidatura de Hernâni Rodrigues como cabeça de lista à Assembleia de Freguesia de Pontével.

O candidato, que se diz “muito entusiasmado com este desafio”, não tem qualquer filiação partidária, e refere que a candidatura é “um ato de cidadania”.

Consultor de serviços na indústria automóvel, Hernâni Rodrigues tem 41 anos e reside em Pontével com a esposa e dois filhos.

Entre outras atividades relacionadas com o associativismo local, já esteve envolvido na festa dos fazendeiros, no teatro e na festa dos quarentões, tendo sido juiz e tesoureiro em 2016.

azambuja geral

A Câmara de Azambuja lançou um portal dedicado em exclusivo ao processo de revisão do Plano Diretor Municipal (PDM). Acessível através do site do município (www.cm-azambuja.pt) ou diretamente em https://sites.google.com/rrplanning.pt/rpdmazambuja, o portal permitirá a todos os cidadãos acompanharem o desenvolvimento do processo de revisão, podendo, progressivamente, aceder e consultar a documentação relacionada com esta matéria.

Com esta medida, a autarquia pretende, não só informar, como fomentar a participação dos cidadãos na revisão do PDM, de forma a construir-se um instrumento de ordenamento do território eficaz e eficiente.

No âmbito da participação pública, a Câmara Municipal disponibiliza para o efeito, no próprio site, dois formulários onde os cidadãos poderão deixar a suas sugestões e contributos. Um inquérito genérico sobre a situação do concelho e outro formulário mais específico, destinado à apresentação de sugestões e contributos particulares, que inclui a possibilidade de identificar em mapa interativo o local sobre o qual incide a sua participação.

O processo de revisão do PDM de Azambuja estava suspenso mas foi retomado no último trimestre de 2016 com a síntese e atualização dos estudos de caracterização e diagnóstico.

Balonismo em Coruche - Fotos João Dinis