chamusca pinoquiomicromineiro slide

 duarte serra

Os deputados do PSD Nuno Serra e Duarte Marques, eleitos pelo distrito de Santarém, estão preocupados com o que dizem ser a falta de investimento e o fracasso da descentralização.

Os dois eleitos estiveram reunidos na sexta-feira, 28 de setembro, com o presidente do Conselho da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo, Pedro Ribeiro, que é também presidente da Câmara de Almeirim, e com o secretário executivo da mesma entidade, António Torres, para preparar a discussão do próximo Orçamento de Estado, o Plano Nacional de Investimentos, a Descentralização e o próximo PT2030, e não escondem que saem preocupados face ao ambiente de “expectativas frustradas com o processo de descentralização”.

Duarte Marques e Nuno Serra salientam a grande ambição desta comunidade intermunicipal em assumir cada vez maiores responsabilidades, destacam “a união que existe em termos de prioridade ao investimento público no distrito”, mas ficaram com a forte convicção que os autarcas da região, caso se confirmem as condições já anunciadas pelo Governo, “só aceitarão participar quando for obrigatório” .

Relativamente ao Orçamento de Estado para 2019, os Deputados do PSD ouviram as preocupações da Comunidade Intermunicipal, discutiram algumas iniciativas em preparação e comprometeram-se a levar à Assembleia da República várias das preocupações reveladas.

No que diz respeito ao PT2030, os deputados do PSD ouviram com particular atenção as prioridades reveladas para o Plano Nacional de Investimentos, mas também com a manutenção das infraestruturas existentes na região que foram construídas com fundos comunitários bem como a necessidade de investir nos caminhos rurais e obras de arte de acesso às propriedades agrícolas construídas há décadas para circularem carroças e onde hoje passam centenas de camiões de uma indústria exportadora e altamente produtiva desta região da Lezíria.

Os deputados do PSD destacam ainda "o importante consenso existente em torno do investimento em infraestruturas prioritárias que unem as diferentes forças políticas no distrito".

É o caso da conclusão da A13 na sua ligação ao Eco Parque do Relvão na Chamusca (ligação IC3), os melhoramentos na EN361 e na EN362, a ligação entre o IC9 e a A1, o investimento na requalificação da ferrovia na linha do Norte, a valorização do polígono militar de Tancos e em particular da pista de aviação, e ainda a recuperação da Ponte Rainha D. Amélia.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves