chamusca bibliotecatecfresh2018 slide

hospital santarem-2018

A Comissão Política de Secção de Santarém do PSD "lamenta profundamente o desinteresse demonstrado pelo Ministério da Saúde na resolução dos problemas que afetam o Hospital Distrital de Santarém".

Em comunicado, a estrutura social democrata de Santarém considera que "não é aceitável que as obras do Bloco Operatório continuem paradas, que não existam meios financeiros para serviços essenciais de gestão corrente do hospital e que o Governo, conhecedor e responsável pela situação, permaneça sem medidas concretas para questões emergentes que diminuem a funcionalidade desta importante instituição prestadora de cuidados de saúde".

Expectantes que a ação do novo Conselho de Administração pudesse trazer melhorias ao hospital, os elementos da concelhia de Santarém do PSD dizem-se agora desiludidos porque "evidencia-se a incapacidade para alterar a situação, culminando numa recente entrevista da Presidente do Conselho de Administração [ao jornal Rede Regional], em que admite que «esta situação de impasse no que respeita aos contratos não é suportável por muito tempo, e coloca já em risco o desempenho do HDS no que respeita às condições assistenciais que presta à população que serve»".

"Não podemos ficar indiferentes quando o Governo não atende, com urgência, aos reais e prioritários problemas da população, preferindo prosseguir com política de desorçamentação na saúde, não cuidando de assegurar que as unidades de prestação de cuidados de saúde hospitalar tenham as verbas necessárias para a liquidação de dividas e para o seu funcionamento normal e regular", refere ainda o comunicado do PSD, acrescentando que o partido continua a aguardar marcação de reunião já solicitada ao Conselho de Administração do HDS.

Numa referência às críticas do PS, CDU e BE à construção de um hospital privado na cidade, a concelhia do PSD condena "as atitudes de alguns partidos de esquerda, que, perante um problema de elevada gravidade – falta de financiamento da saúde e do SNS – no nosso hospital, vêm desviar as atenções atacando os investimentos privados em curso em Santarém".

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis