chamusca bibliotecatecfresh2018 slide

abrantestejolimpoministro

O ministro do Ambiente garantiu que a água do rio Tejo apresenta, de momento, “boa qualidade”.

As declarações de João Pedro Matos Fernandes foram feitas em Abrantes, no final da 8ª reunião da Comissão de Acompanhamento sobre a Poluição no rio Tejo, um grupo de trabalho constituído há sete meses, na sequência da situação de poluição extrema que afetou este curso de água.

Em jeito de balanço, o responsável do governo sublinhou os resultados das várias medidas tomadas pelo Ministério do Ambiente, casos da retirada de mais de 15 mil metros cúbicos de lamas do Tejo, que eram poluição e que correspondia a 94% da carga orgânica, e da realização de mais de nove mil análises, desde novembro de 2017, que servem para aferir a qualidade da água, em sete pontos diferentes, desde Peraia, à entrada do Tejo em Portugal, e até Constância.

João Pedro Matos Fernandes anunciou ainda a criação do projeto “Tejo Limpo”, que representa um investimento de 3,6 milhões de euros nos próximos três anos, e que prevê o reforço de meios técnicos para a fiscalização do Tejo, o regresso dos antigos guarda-rios (vigilantes da natureza) e a criação de plataforma tecnológica para concentração de toda a informação de gestão, no sentido de aferir os resultados do autocontrole diário de todas as fábricas e de todas as estações de tratamento de águas residuais.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis