app chamuscabanner festas coruche

A Câmara de Santarém vai consultar dez instituições bancárias com balcão aberto no concelho para contratar um empréstimo de 18,1 milhões de euros, a pagar mensalmente durante 15 anos, para substituir o empréstimo do Programa de Apoio à Economia Local (PAEL), baixando os juros, que atualmente rondam os 3 por cento.

Tendo como base a descida da dívida total de cerca de 82 milhões, no final de 2014, para cerca de 58 milhões, em dezembro de 2017, e do aumento das receitas de 30,7 milhões (2014) para 34,3 milhões (2017), o que corresponde a uma melhoria do indicador da dívida total de 2,68 para 1,69, a autarquia repete assim um procedimento semelhante feito em agosto de 2016, a que nenhuma instituição bancária apresentou propostas.

"Considerando a manutenção da trajetória de diminuição de dívida e de melhoria dos diversos indicadores financeiros, a autarquia entende que neste momento existem condições para efetuar nova consulta para a substituição do empréstimo do PAEL, e entende que a mesma não ficará deserta", refere o documento aprovado esta segunda-feira, 21 de maio, por unanimidade, na reunião do executivo municipal.

Refira-se que a Câmara de Santarém recebeu 3 tranches do PAEM. A primeira, de 11 milhões de euros, a uma taxa de 3,1%, a segunda, de 3,88 milhões de euros, a uma taxa de 3,167% e a terceira, de 3,2 milhões de euros, a uma taxa de 2,949%. O novo empréstimo irá permitir a liquidação dos anteriores, diminuindo o serviço da dívida sem aumentar a dívida total do município.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis