chamusca ehtoiromicromineiro slide

abrantesprotecaofloresta

O orçamento municipal da Câmara de Abrantes para2018 tem cerca de 1,8 milhões de euros para medidas relacionadas com a defesa da floresta, segundo informações dadas por Maria do Céu Albuquerque, a presidente da autarquia, na última sessão da Assembleia Municipal.

Do bolo total, a maior fatia, de 753 mil euros, vai para a atividade da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Abrantes, onde se incluem já as verbas para a aquisição de veiculo tanque de grande capacidade e os seguros do corpo de bombeiros.

A autarca explicou ainda que estão 750 mil euros inscritos para despesa de capital face às candidaturas já aprovadas para projetos de intervenção na estabilização de emergência pós-incêndios, dinheiro que vai regressar aos cofres da autarquia porque o financiamento é garantido a 100%.

Entre as rubricas elencadas por Maria do Céu Albuquerque, estão 30 mil euros para a equipa de sapadores florestais da Associação de Agricultores, 110 mil euros para aquisição de uma máquina de rastos, e 68 mil euros para aquisição de um destroçador, entre outros investimentos.

Durante a Assembleia Municipal, a presidente da autarquia deu informação sobre as várias ações que estão a decorrer no concelho para prevenção da época de incêndios florestais, nomeadamente as limpezas em terrenos municipais que estão a ser feitas pela equipa de sapadores florestais, as ações de sensibilização que a PSP está a fazer junto da escolas do 1º ciclo, e o levantamento de todos os pontos de água no concelho que está a ser feito pela Força Especial de Bombeiros.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis