app chamuscamicromineiro slide

torres novas praca5outubro

A Câmara de Torres Novas aprovou, por maioria, com os votos favoráveis do PS, o voto contra do Bloco de Esquerda e a abstenção do PSD, a proposta de Orçamento Municipal e as Grandes Opções do Plano para o ano de 2018, no valor global de 31.233.006 euros.

Segundo o documento, os alvos estratégicos da autarquia para o período 2018/2021 são a reabilitação urbana, a atração de empresas, a rede escolar e social de excelência, o reforço do serviço de saúde e proteção civil, a valorização ambiental e controlo de desperdícios, a dinâmica cultural e desportiva, a melhoria da qualidade dos serviços prestados, as acessibilidades e a segurança rodoviária.

O orçamento identifica como prioritários investimentos em obras com candidaturas aprovadas por via do ITI – Investimentos Territoriais Integrados e por via do PEDU – Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano. Destaca-se também um esforço significativo em investimento na racionalização da rede pública de iluminação e eficiência energética de alguns edifícios públicos.

Ao nível da atração de empresas, o destaque vai para a conclusão das obras de infraestruturas na Zona Industrial de Riachos e, até 2021, o alargamento da Zona Industrial de Torres Novas. Ao nível da educação, prevê-se a requalificação do Centro Escolar de Santa Maria e da Escola Secundária Maria Lamas.

A ampliação e requalificação do Centro de Saúde e a instalação de uma segunda USF – Unidade de Saúde Familiar, que irá garantir médico de família a muitos munícipes que ainda o não têm; a obra do Quartel dos Bombeiros Voluntários Torrejanos, já em curso e a concluir em 2018, cujos custos serão totalmente assumidos pelo município, assim como o reforço do apoio financeiro à mesma associação para atividades correntes e aquisição de equipamentos, bem como o início da obra da Loja do Cidadão, integram as Grandes Opções do Plano.

Ao nível desportivo, referência para obras no Estádio Municipal, nas piscinas, no Pavilhão Matias Pedro, apoio à implementação de um relvado sintético no Campo do Clube Atlético Riachense, obras no Parque Desportivo do Operário Meiaviense, conclusão do Ginásio em Riachos, conclusão dos ringues da Pena e de Olaia, prevendo-se ainda, entre outros, apoios para a recuperação do relvado do Campo da Pinheira, em Assentis, e para um ringue na Zibreira.

O documento vai agora ser apreciado pela Assembleia Municipal no próximo dia 12.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis