chamusca pinoquioavisan2017

aqueduto pegoes

O deputado Duarte Marques, eleito por Santarém nas listas do PSD, voltou esta terça-feira, 7 de novembro, a questionar o ministro da Cultura sobre futuros investimentos na valorização do Aqueduto de Pegões, em Tomar.

Classificando o aqueduto como “talvez o mais bonito do país, mas o mais desconhecido da opinião pública”, Duarte Marques defende a necessidade de dar continuidade ao investimento que permitiu a recuperação dos quatro pilares mais degradados da estrutura, graças a um acordo de parceria entre a CCDR Centro e a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, que garantiu 85% de financiamento comunitário, tendo o município de Tomar suportado o restante.

Duarte Marques chamou a atenção para a “necessidade de encontrar novos modelos de financiamento para o Património cultural que está nas mãos de entidades privadas, como misericórdias, igrejas, ou das autarquias, entre outros, com elevado interesse nacional, mas para os quais não qualquer há qualquer financiamento nacional ou comunitário”, que se vai degradando e cujas instituições não têm capacidade para o manter.

O deputado referiu ainda que concelhos como Sardoal, Constância, Abrantes, Santarém, Torres Novas, entre outros, tem diversos equipamentos que fazem parte da “nossa identidade”, que são visitados por milhares de pessoas que nem imaginam que não pertencem ao Estado e cujas entidades proprietárias não têm capacidade para manter.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis