chamusca pinoquioavisan2017

incendio macao

Vasco Estrela, presidente da Câmara de Mação, e Duarte Marques, deputado do PSD eleito pelo círculo de Santarém, querem uma investigação profunda e detalhada aos grandes incêndios que devastaram o concelho, em Agosto.

A notícia é do jornal “Público”, que explica que os dois responsáveis políticos levantaram muitas dúvidas em relação à coordenação das operações no teatro de operações e à atuação do comandante nacional da Proteção Civil, Rui Esteves.

Segundo a mesma fonte, ambos duvidam da coordenação das operações no fogo que alastrou do concelho da Sertã para o de Mação, mais concretamente desvio de meios e equipas de grupos de intervenção permanente da GNR para outros concelhos.

No segundo grande incêndio, que esteve às porta de Mação, Duarte Marques e Vasco Estrela levantam dúvidas sobre o número de meios aéreos e de bombeiros mobilizados para o teatro de operações, segundo o que foi divulgado, na altura, no portal da Proteção Civil.

Segundo o “Público”, Vasco Estrela deu uma semana ao Ministério da Administração Interna para enviar o relatório da Autoridade Nacional de Proteção Civil sobre o primeiro incêndio; caso não lhe seja entregue, fará queixa junto da Inspeção Geral da Administração Interna (IGAI).

Considerando que a ação do comandante operacional teve influência na perda de controlo da situação no terreno, Duarte Marques pediu à ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, que tome a iniciativa de pedir à IGAI uma investigação à ação direta de Rui Esteves.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis