chamusca pinoquioavisan2017

ourempaulofonsecaTC

O PS de Ourém apresentou recurso junto do Tribunal Constitucional (TC) para que seja aceite a recandidatura de Paulo Fonseca à Câmara Municipal, já recusada duas vezes por inelegibilidade do cabeça de lista.

Através de um comunicado de imprensa divulgado este domingo, 27 de agosto, os socialistas adiantam que o mandatário da candidatura remeteu para o TC “o adequado recurso, assente no processo individual que o cidadão Paulo Fonseca tem desenvolvido, num conjunto de elementos legais e no historial administrativo decorrente da própria candidatura”.

Sublinhando que mantém a sua confiança política e pessoal no cabeça de lista do PS, que venceu as autárquicas de 2009 e 2013, o PS de Ourém recorda que “a situação de insolvência do cidadão Paulo Fonseca resultou do fato de este ter sido sócio de algumas empresas até 2008”.

Legalmente, o TC tem dez dias para se pronunciar.

No caso da candidatura de Paulo Fonseca, que foi declarado insolvente em 2014 por dívidas acumuladas que rondavam os 4 milhões de euros, a número 2 da lista, Cília Seixo, será a cabeça de lista do PS à Câmara de Ourém.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis