chamusca appfestival bike2017

golegapedroterre

Pedro Terré, um empresário de 40 anos, vai liderar o grupo de cidadãos eleitores “Movimento Sangue Novo” na corrida à Câmara Municipal da Golegã, nas próximas eleições autárquicas de 1 de outubro.

“Face à manifesta degradação do ambiente político no concelho e à ausência de soluções credíveis por parte de quem tinha obrigação de as apresentar, os partidos políticos”, este movimento afirma em comunicado ter sentido “a necessidade de se juntar e de se apresentar como uma alternativa séria e de confiança para a governação do município da Golegã”.

Segundo o mesmo documento, que serve também de carta de apresentação, o “Movimento Sangue Novo” reúne “pessoas de vários quadrantes políticos, e independentes”.

“Medidas que facilitem a criação e a vinda de novas empresas, com a consequente criação de emprego, medidas que promovam e dinamizem os produtos turísticos do concelho e o reforço das políticas de fixação e de atração das novas gerações serão prioridades do movimento”, segundo o comunicado.

A carta de apresentação não adianta para já mais nomes dos candidatos aos órgãos autárquicos do concelho, que é atualmente liderado por Rui Medinas, do PS, que já anunciou que não se recandidatará ao cargo.

Operações de busca e resgate aquático - Fotos João Dinis