chamusca apptagus

santaremAssacaiasvariante

A variante à Estrada Nacional 365 entre a passagem de nível das Assacaias e a Senhora da Saúde só deverá estar concluída, quando muito, lá para o final de 2018.

A informação foi dada pelo presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, na última sessão da Assembleia Municipal, onde deu conta dos resultados de uma reunião que teve no início de Dezembro com responsáveis da Infraestruturas de Portugal (IP), que gere agora a Linha do Norte desde a extinção da REFER.

Segundo o autarca, ficou agora acordado que a IP fará o projeto da variante durante o ano que vem, para que a empreitada possa ser lançada em 2018.

A Câmara de Santarém pagará 50% da obra, mais a fiscalização dos trabalhos, cabendo a restante metade à IP.

Ricardo Gonçalves prestou estas informações após ter sido questionado diretamente pelo presidente da Junta de Freguesia de Alcanhões, Pedro Mena Esteves, que se sentiu desconsiderado ao não ter sido convidado para a reunião entre a Câmara e a IP, visto que a vila é a principal interessada na resolução deste problema que se arrasta há décadas.

Mena Esteves notou ainda que a verba de 30 mil euros que a Câmara tinha inscrita em orçamento desde 2013 para a execução da variante desapareceu do orçamento para 2017, que foi também aprovado nesta sessão da Assembleia Municipal.

O presidente da Junta de Alcanhões questionou mesmo se tratava de “um erro técnico ou um erro político”, e não se mostrou particularmente entusiasmado com o anúncio da construção da variante para 2018.

Para já, segundo o autarca, o ideal seria a automatização da passagem de nível, para minorar o tempo que os automobilistas perdem para atravessar a Linha do Norte.

XTerra Golegã - Fotos Carlos Simões