chamuscal apartilhatecfresh2018 slide

Politica

torresnovasrequalificacaourbana

A Câmara Municipal de Torres Novas aprovou a 1ª fase do estudo prévio para a reabilitação do Nogueiral, numa intervenção que consiste na requalificação do Largo José Lopes dos Santos, Rua do Caldeirão e Avenida dos Bombeiros Voluntários, bem como o “Laranjal” até à ligação com a Avenida Dr. João Martins de Azevedo.

“A zona em estudo é determinante ao nível dos diferentes equipamentos urbanos aqui localizados”, salienta uma nota de imprensa da autarquia, que dácomo exemplos o Teatro Virgínia, os Bombeiros Voluntários de Torres Novas, o Montepio Nª Sra. da Nazaré, o Edifício StartUp, o Centro Comercial, o centro cultural da antiga Central Hidroelétrica, o Convento do Carmo e o Quartel.

O espaço disponível para as várias intervenções tem aproximadamente uma área de 10.000 m² inclui diversas valências, como a criação de zonas verdes de enquadramento, estadia e recreio e a conceção de zonas exteriores para eventos culturais de pequena e média dimensão como espetáculos e apresentações.

“Com esta requalificação, o município procura valorizar o uso ativo da circulação pedonal e melhorar as zonas urbanas de fruição e lazer”, adianta ainda a nota da Câmara de Torres Novas, que um custo a rondar os 475 mil euros para a execução do projeto.

almeirim

O orçamento da Câmara Municipal de Almeirim para 2019 ronda os 16,5 milhões de euros, valor muito próximo do orçamentado para o corrente ano, com cerca de 5 milhões destinados a investimento.

Com cerca de 30% da rubrica da despesa destinada a salários, o documento prevê investimentos na ordem dos 5 milhões de euros. O município vai avançar com mais uma fase da remodelação das piscinas municipais e com a construção do crematório, sendo que parte deste investimento será feito com recurso a empréstimo bancário, além de intervenções nas freguesias, que avançarão à medida que o município for tendo fundos disponíveis, adiantou.

Com uma dívida que baixou 40 por cento no anterior mandato e que atualmente está abaixo dos 6 milhões de euros, o presidente da autarquia considera que a situação financeira permite avançar para a contratação de alguns empréstimos para a aquisição de terrenos, nomeadamente para a circular urbana, que irão incorporar o património municipal.

Em 2019, os impostos municipais não sofrerão qualquer alteração, mantendo-se o IMI nos 0,4% e a derrama em 1,5% para empresas com um volume de negócios superior a 150.000 euros e em 1% para as que ficam abaixo desse valor

O documento foi aprovado com os votos favoráveis dos seis eleitos do PS e a abstenção da vereadora da CDU.

cartaxo bombeiros

O presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro, mantém o objetivo de criar uma associação de comerciantes do concelho, e convidou os comerciantes de todo o concelho para uma reunião de trabalho a decorrer no Centro Cultural, no dia 20 de novembro, terça-feira, a partir das 21h00.

“A criação de uma associação de comerciantes no nosso concelho é um passo que não pode continuar a ser adiado”, refere Pedro Ribeiro, revelando que esta sua convicção “saiu ainda mais reforçada”, ao longo das oito reuniões de trabalho que, “por iniciativa da Câmara Municipal, se realizaram este ano em todas as freguesias do concelho”, para debater este tema e “recolher contributos para a criação de um plano de dinamização do comércio local”.

Na ordem de trabalhos da reunião de dia 20 estarão a criação de uma associação de comerciantes do concelho, a recolha de propostas para a construção de um programa de animação de Natal que corresponda, quer às expectativas dos comerciantes, quer aos recursos disponíveis para a sua concretização, ficando ainda espaço para o debate de outros assuntos que os comerciantes entendam relevantes.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves