chamusca appmicromineiro keepcalm

Politica

psd roteiro empresas

A Comissão Política Distrital do PSD está a percorrer todos os concelhos do distrito de Santarém, visitando empresas e contactando empresários para realizar um levantamento, em termos económicos, das oportunidades, ameaças, forças e fraquezas da região.

A iniciativa, denominada “21 Concelhos, uma Economia”, que já vai na sua segunda semana, já permitiu entrar em contacto com empresários de sectores tão diferentes como o têxtil, o agro-alimentar, o turismo, a metalurgia ou a restauração.

Concluído o roteiro pelos 21 concelhos, a ideia permitir aos deputados do partido eleitos pelo círculo de Santarém, assumirem as iniciativas politicas que considerarem importantes junto do Governo, por forma a melhorar o complexo empresarial na região.

Assim que tiver resultados, a distrital do PSD quer também reunir com a Associação Empresarial da Região de Santarém (Nersant) para incrementar e analisar estes registos.

"Não basta visitar apenas os casos de sucesso, mas também as situações de maior dificuldade", refere Nuno Serra, deputado e líder do PSD Distrital.

Segundo uma nota de imprensa da distrital "laranja", o roteiro iniciou-se em Tomar, com uma visita à Diamantino Coelho e Filho S.A. e à Ramos e Ramos – SMF Lda. "Ambos os administradores, das respetivas empresas, alertaram que um dos principais constrangimentos locais à criação de empresas são os elevados preços de licenciamento, praticados no concelho de Tomar. Por outro lado, consideram os custos de contexto, que tem aumentado exponencialmente nos últimos tempos, como o gasóleo, são um fator que diminui a competitividade das empresas do interior, em especial às que dependem de transportes para a sua laboração", refere o comunicado.

Já está a semana os representantes do PSD visitaram duas empresas ligada ao sector do turismo e ao rio Tejo, em Valada, no concelho do Cartaxo. Um hotel que foi recentemente inaugurado na Quinta das Palmeiras e a OLLEM, que é um dos principais operadores turísticos ligados ao Ribatejo, à cultura avieira e aos produtos locais. 

A principal preocupação deste operador de turismo da natureza é a falta de promoção institucional do rio Tejo como recurso turístico. Há procura, há potencial de crescimento e há oferta, tudo condições que poderiam ser exponenciadas se as autoridades responsáveis pelo Turismo investissem mais na promoção desta oferta mas também se as autarquias locais e os proprietários apostassem na valorização dos diversos pontos de interesse que existem nas margens do rio Tejo.

A comitiva do PSD deslocou-se de seguida a Samora Correia, no concelho de Benavente, onde visitou uma jovem empresa de grande sucesso ligada ao ramo da "soldagem de alta precisão" liderada por um jovem empresário, de apenas 34 anos, que tem como clientes algumas das grandes empresas nacionais. A ProSolda confirma que o esforço, resiliência e alta qualidade dos seus recursos encontrarão sempre clientes e oportunidades.

A segunda semana deste Roteiro terminou ontem com uma conversa com o reputado chef escalabitano, Rodrigo Castelo, sobre as novas oportunidades e dificuldades dos empresários da restauração na região.

sardoalincendiospaulosousa

Jorge Gomes, o secretário de Estado da Administração Interna, vai estar na Câmara Municipal do Sardoal na próxima sexta-feira, 24 de fevereiro, às 15 horas, para entregar as chaves da nova casa à família que ficou desalojada na sequência do grande incêndio que devastou o concelho em agosto de 2016.

A reconstrução da habitação custou cerca de 44 mil euros e foi inteiramente suportada pela Cáritas Portuguesa, tendo o projeto de arquitetura e o acompanhamento técnico sido assumido pela autarquia.

Durante a cerimónia, a Câmara do Sardoal e a Associação Dignitude vão assinar um protocolo para o prosseguimento dos objetivos do “Programa abem: Rede Solidária do Medicamento”.

Este programa “tem como objetivo garantir o acesso aos medicamentos por parte de qualquer cidadão que se encontre numa situação de carência económica que o impossibilite de adquirir os medicamentos comparticipados que lhe sejam prescritos por receita médica”, explica uma nota de imprensa da autarquia.

carlos pedro pinheiro

Carlos Pedro Pinheiro, de 43 anos, consultor e supervisor, é o candidato pelo PS à Assembleia de Freguesia de Benavente.

Licenciado em Tecnologia e Gestão Industrial, Carlos Pedro justifica a candidatura pelo amor à terra e por sentir que pode fazer mais e melhor pelas populações.

"Depois de ter acumulado uma vasta experiência profissional e pessoal no estrangeiro(Suécia, ​N​oruega, França, Bélgi​c​a, entre outros) deparou-se com a necessidade de ver a sua terra evoluir para patamares de maior qualidade", refere uma nota de imprensa do PS de Benavente.

Desert Challenge 2017