chamusca appmicromineiro keepcalm

Educação

greve

A União dos Sindicatos de Santarém (USS), estrutura afeta à CGTP-IN, já fez uma primeira contabilidade à a adesão dos trabalhadores não docentes, à greve convocada para hoje pela Federação dos Sindicatos da Função Pública, que provocou o encerramento de mais de 70 escolas no distrito de Santarém.

Entre as diversas escolas encerradas por todos os 21 concelhos do distrito, A USS dá como exemplos o Centro Escolar de Benavente, Escola EB 2/3 de Constância, Escola Secundária de Coruche, Escola Secundária do Entroncamento, Escola EB 2/3 Fernando Casimiro (Rio Maior), Centro Escolar de Marinhais, Escola Básica dos Leões (Santarém),  Jardim de Infância Raul Lopes (Tomar), Centro Escolar de Vila Nova da Barquinha, Escola Básica António Torrado (Abrantes), Escola Secundária de Alcanena, Escola EB 2/3 das Fazendas de Almeirim, Escola EB 2/3 José Relvas (Alpiarça), Centro Escolar do Cartaxo, Escola EB 2/3 de Mação e Escola Secundária Maria Lamas (Torres Novas).

“Com dados continuamente a serem atualizados a tendência é de a adesão à greve continuar a subir pois é sabido que algumas escolas serão forçadas a encerrar no período após almoço. De registar, ainda, que em algumas localidades as escolas fecharam por completo como é exemplo em Coruche e que algumas escolas tiveram uma adesão de 100%, como é exemplo a Escola EB 2/3 de Mação”, refere um comunicado da USS/CGTP-IN.

A Federação dos Sindicatos da Função Pública também já fez as contas e diz que a adesão à greve dos trabalhadores não docentes pode chegar aos 90%, com “centenas” de escolas fechadas em todo o país.

Apesar de ainda não haver dados finais, fonte da federação disse à agência Lusa que a adesão está entre 85 e 90%, sendo que Santarém é um dos distritos mais afetados.

Recorde-se que os funcionários das escolas fazem hoje greve para exigir, entre outros aspetos, a negociação da criação de uma carreira especial, mas também mais recursos humanos nas escolas, com os sindicatos a estimarem uma carência de, no mínimo, 2.000 auxiliares.

 

cenfim

O Núcleo de Santarém do CENFIM vai iniciar brevemente ações de formação em "Ideias, Oportunidades e Ferramentas para a Criação de um Negócio" (225 horas), e "Eletricidade e Instalações Elétricas" (225 horas)..

Os ciclos de formação são gratuitos e contam com apoios sociais. Os interessados podem inscrever-se ou obter esclarecimentos através do telefone 243 326 676 ou do e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

santaremincubadoraalunos

Os alunos do curso profissional de artes do espetáculo da Escola Secundária Ginestal Machado estão a estagiar na Incubadora d'Artes de Santarém até ao próximo mês de março, sob a coordenação da professora Margarida Gabriel.

Os alunos já apresentaram o resultado do trabalho desenvolvido durante um mês de estágio com o Teatrinho de Santarém, a cargo do ator Carlos Oliveira (Chona), em residência artística na Incubadora D'Artes, e convidaram os colegas para visitar as instalações da Incubadora, um espaço de apoio a projetos artísticos e criativos que está a funcionar desde março de 2016, na antiga escola primária de S. Salvador.

Esta quarta-feira, 1 de fevereiro, o estágio prossegue com o “Aqui Há Gato”, a cargo de Sofia Vieira, ao passo que, nos dias 16 e 17 de março, o Teatro Sá da Bandeira acolhe o espetáculo “Uma Aventura”, resultado do trabalho desenvolvido durante a residência.

Este estágio, em regime de residência na Incubadora d'Artes, permite ainda aos alunos, conviver e falar com os artistas plásticos, como Mário Rodrigues e Júlia Fernandes, sobre pintura e escultura, para além de promover a interdisciplinaridade entre os diferentes artistas que utilizam a Incubadora d’Artes.

Desert Challenge 2017