chamusca bibliotecatecfresh2018 slide

Educação

abrantesatividadesbebes

O programa de apoio à atividade lúdico desportiva no pré-escolar de Abrantes vai envolver este ano 361 crianças, com idades entre os 3 aos 5 anos, de 13 jardins de infância que beneficiarão de um total de 160 aulas.

Esta iniciativa, segundo uma nota de imprensa da autarquia, arranca no próximo dia 17 de outubro e termina a 29 de março do próximo ano, com aulas de 45 minutos nos próprios jardins de infância, no complexo municipal de piscinas e no pavilhão desportivo do Pego.

“O projeto culmina com a realização dos Jogos da Pequenada, no sentido de proporcionar às crianças do ensino pré-escolar do concelho atividades desportivas através de jogos e tarefas ao ar livre e em meio aquático, a realizar na cidade desportiva entre 23 e 29 de maio de 2019”, explica uma nota de imprensa da Câmara.

abrantesmediotejoredebibliotecas

A rede intermunicipal de bibliotecas públicas do Médio Tejo foi formalizada em Abrantes, numa cerimónia realizada no auditório da biblioteca municipal António Botto, onde decorreu a assinatura do acordo de cooperação entre a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT), representada pela presidente Maria do Céu Albuquerque, e a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), representada pelo seu diretor, Silvestre de Almeida Lacerda.

Esta rede, financiada pelo Programa Operacional Centro 2020, envolve as bibliotecas públicas dos 13 municípios que compõem a CIMT, que têm vindo a desenvolver este projeto há cerca de dois anos.

Os objetivos são “consolidar os públicos existentes e atrair novos utilizadores, promover e incentivar a leitura, melhorar os serviços prestados aos munícipes, qualificar os serviços das bibliotecas públicas e privilegiar a articulação com as bibliotecas escolares”, segundo explica uma nota de imprensa da Câmara de Abrantes.

Durante a cerimónia, foi ainda apresentado o site colaborativo da região do Médio Tejo, a Wiki Médio Tejo (http://wikitejo.mediotejo.pt/), que é “um repositório identitário que possibilita a divulgação, a edição e a partilha de conteúdos locais e regionais dos município do Médio Tejo”, explica a mesma nota.

abrantesorcamentoparticimgem

A aquisição de uma viatura para transporte escolar na Freguesia de Alvega e Concavada e a valorização do espaço educativo exterior da EB Maria Lucília Moita, na União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede, foram os dois projetos mais votados na 3ª edição do Orçamento Participativo (OP) da Câmara de Abrantes.

Neste OP de 2019, a autarquia disponibilizou uma verba global de 350 mil euros, em que cada projeto não poderia ultrapassar os 100 mil euros.

Os projetos vencedores, o primeiro apresentado pela munícipe Vera Catarino no montante de 30 mil euros, e o segundo apresentado por Rui Pereira no valor de 90 mil euros, obtiveram 159 votos cada um, tendo-se seguido o projeto “Fitness, Saúde e Bem-estar para todos na União de Freguesia de Alvega e Concavada”, de José Felício, envolvendo 15 mil euros, com 158 votos.

Segundo uma nota de imprensa da Câmara de Abrantes, a implementação de um “Wall4Sports” no Centro Escolar de Rio de Moinhos ficou no 4º lugar com 143 votos, seguindo-se, na 5ª posição, com 139 votos, o melhoramento do espaço exterior e acessos à extensão de saúde e do Centro de Apoio a Idosos da freguesia de Rio de Moinhos.

“As propostas vencedoras serão implementadas pela Câmara em parceria com Juntas de Freguesia e outras entidades, quando tal se revele de interesse público”, acrescenta a mesma nota.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis