chamusca bibliotecatecfresh2018 slide

Educação

hugo cardoso

Hugo Cardoso, professor de antropologia natural de Santarém a lecionar na Universidade Simon Fraser em Burnaby, na Colúmbia Britânica, foi reconhecido pela Real Sociedade do Canadá com uma das mais altas distinções científicas atribuídas a jovens investigadores no país.

Citado pela agência Lusa, Hugo Cardoso, diz que o é “inesperado” mas reconhecedor de mais de uma década de trabalho, desde que terminou o doutoramento. “É uma distinção especialmente recompensadora por ter vindo para o país que me acolheu, e pelas pessoas que aqui tiveram um papel absolutamente fundamental no meu percurso, incluindo mentores e alunos", referiu.

Há cinco anos no Canadá, Hugo Cardoso foi reconhecido como membro da ‘Faculdade do Novo Académico' do Colégio da Real Sociedade Canadiana, o que, considerou, vai dar mais visibilidade ao seu grupo e trabalho.

"Na prática, significa mais visibilidade dada ao meu grupo de trabalho e ao que estamos a fazer. Este reconhecimento pode facilitar o acesso a fontes de financiamento por exemplo, mas também pode ajudar a investigação a chegar até aos parceiros na comunidade", frisou o investigador à Lusa.

No entanto, o reconhecimento vai também dar "mais responsabilidade", mas o antropólogo promete dentro das oportunidade oferecidas pela Real Sociedade Canadiana procurar "respostas cientificas a questões de importância social mais ampla, como seja a desigualdade".

A Real Sociedade Canadiana foi criada em 1883 e a Faculdade dos Novos Académicos é o primeiro sistema nacional para a geração emergente de liderança intelectual no Canadá. A cerimónia oficial de entrega dos prémios terá lugar de 15 a 18 de novembro.

abrantesquintanimais

A Quinta dos Plátanos, em Abrantes, vai acolher entre os dias 11 e 14 de outubro a 5ª edição do curso de medicina da conservação de animais selvagens, uma iniciativa que irá reunir alunos dos EUA, Inglaterra, Suíça, Canadá e Portugal, e que frequentam o Royal Veterinary College, em Londres, e a Universidade de Veterinária de Lisboa.

O programa do curso, que se estende ainda a Coalhos, Pego e Abrantes, foi desenvolvido por João Rodrigues, da Olifantes & Nature, em cooperação com a Quinta dos Plátanos, e conta com painel de professores e oradores reconhecidos na área da Veterinária, casos de Pedro Melo, Luís Madeira de Carvalho, Jorge Correia e Virgílio de Almeida.

Propriedade de João Rodrigues, um licenciado em biologia que frequenta a universidade londrina, a Quinta dos Plátanos é atualmente uma referência na região no que respeita à vivência do mundo animal, tendo a seu cargo, neste momento, mais de uma centena de animais.

cartaxoeducacaoparental

A Câmara Municipal do Cartaxo está a lançar o “Mais Família”, um programa premiado a nível nacional de educação parental que tem por objetivo ajudar os pais a lidar com os desafios de educar uma criança.

Os interessados em participar, segundo uma nota de imprensa da autarquia, devem efetuar a sua inscrição junto da área de ação social e saúde da Câmara, até ao próximo dia 12 de outubro, sendo que as sessões têm a duração de duas horas semanais, e decorrerão de 15 de outubro a 21 de dezembro, em horário laboral ou pós-laboral.

Lançado em 2009, este programa que tem contado com a participação de largas dezenas de famílias, foi distinguido em 2015 como “Iniciativa de Alto Potencial em Inovação e Empreendedorismo Social”, numa cerimónia que decorreu na Fundação Calouste Gulbenkian.

“A atenção positiva, o uso de elogios ou como aprender a manter a calma, são alguns dos temas a abordar nas sessões”, explica a autarquia, acrescentando que o “Mais Família” integra-se “na metodologia desenvolvida por Maria Filomena Gaspar, professora na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, desenvolvida a partir de programas internacionais baseados na evidência”.

Nesta edição, o programa destina-se a pais e familiares de crianças e jovens dos 9 aos 18 anos de idade.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis