app chamuscabanner festas coruche

Educação

azambuja criancas

Cerca de 1.300 participantes, entre crianças do ensino pré-escolar, do 1º ciclo e de vários centros ATL, bem como dos utentes da Cerci-Flor da Vida e de idosos de diversas Instituições Particulares de Solidariedade Social e da Universidade da 3ªIdade do concelho de Azambuja, são esperados esta quarta-feira, 20 de junho, na atividade “Um dia no Campo”.

Organizada pela Câmara de Azambuja, a iniciativa decorrerá nos antigos viveiros do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), na Estrada Nacional 366, junto a Aveiras de Baixo, entre as 9h30 e as 15h00, e contará com a presença do secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas.

Na organização da atividade, os serviços municipais contam com a colaboração de várias entidades que apresentarão ateliês com informação e experiências relativas à proteção da natureza e à adoção de hábitos de vida mais saudáveis e ecológicos.

Pretende-se, com a ação, contribuir para a defesa e valorização das florestas, da agricultura e do meio ambiente, bem como motivar os cidadãos, sobretudo os mais jovens, para o uso racional dos recursos naturais.

criancas brincar

Com o objetivo de se tornar num território de referência na promoção do sucesso escolar, a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT) apresentou esta quinta-feira, um projeto de intervenção nas escolas de 10 municípios da região, a desenvolver até 2020, e que vai abranger cerca de 26.300 alunos do pré-escolar ao secundário.

O Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar da Lezíria do Tejo (PIICIE LT), tem um financiamento do Fundo Social Europeu a rondar os 4,3 milhões, e está fase de contratação dos técnicos para a constituição de equipas multidisciplinares de intervenção.

O objetivo é assegurar que o ensino público tem todos os recursos para ser de qualidade e não excluir ninguém e será desenvolvido nos municípios de Almeirim, Alpiarça, Azambuja, Benavente, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Salvaterra de Magos e Santarém, em colaboração com as autarquias e os responsáveis dos 19 agrupamentos escolares envolvidos.

ipt cityhack

Uma aplicação multiplataforma na área de restauração que permite, entre outros, a seleção personalizada de pratos e a consulta do tempo de espera de atendimento, venceu a maratona tecnológica CityHack, que se realizou este fim de semana em Tomar.

A maratona, que juntou 75 jovens, divididos por 16 equipas de 10 instituições de ensino superior de todo o país, tinha como desafio construir soluções tecnológicas para as cidades em áreas como Saúde e Bem-Estar, Turismo e Cultura, Mobilidade, Eficiência Energética, Economia Local, Associativismo e Ação Social.

Em segundo lugar ficou uma aplicação móvel para o combate à obesidade infantil, em que as crianças interagem e cuidam de um 'avatar' que partilha da alimentação delas e que encoraja a socialização e o exercício físico, e em terceiro uma plataforma digital para divulgação da agenda política e participação cívica.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis