chamusca natalmicromineiro slide

Educação

almeirimgabiente

A “Academia de Inteligência Emocional” criada pela Câmara de Almeirim realizou várias sessões de dinâmicas de grupo junto dos alunos de todas as escolas do Agrupamentos de Escolas das Fazendas de Almeirim.

Estas atividades tiveram por objetivo “desenvolver competências pessoais e sociais dos alunos, de forma a facilitar a expressão, a identificação e a gestão de sentimentos e emoções, a resolução de conflitos, o autoconhecimento, a autoestima e a empatia”, explica uma nota de imprensa do Gabinete de Promoção do Sucesso Escolar da autarquia.

Cada agrupamento de escolas do concelho faz uma sinalização dos alunos referenciados no âmbito do seu “Programa de Promoção do Sucesso Escolar”, em que se justifica a necessidade de dar um maior apoio junto da família desses alunos, trabalho que depois é realizado por este gabinete.

“Nesta relação de proximidade com o aluno são trabalhadas questões tão importantes como as competências não cognitivas, assim como o bom relacionamento entre pares, professores e família”, acrescenta a mesma nota.

ouremfatimaescolahotelaria

A direção da Insignare - Associação de Ensino e Formação pretende arrendar as instalações do Colégio de São Mamede, Batalha, para aí instalar um novo pólo da Escola Profissional de Hotelaria de Fátima (EHF).

“As instalações que a EHF ocupa, enquanto não garante financiamento para a construção do projecto que tem (com terreno adquirido), estão no limite dos alunos que consegue receber, tornando-se a sua gestão diária quase impraticável ao nível das áreas técnicas e de especialidade (como sejam as cozinhas, o laboratório de pastelaria, bar, etc..)”, explica a Insignare em comunicado, acrescentando que está a tentar arrendar provisoriamente a totalidade do Colégio de São Mamede, “que pelas determinações relativas aos contratos de associação, ficará sem operação no próximo ano letivo.

“Importa salientar que Escola e Colégio distam entre si cerca de cinco quilómetros, sendo determinante também a larga proveniência de alunos da região de Batalha, Porto de Mós, Leiria, Alcobaça”, um pressuposto fundamental para justificar o investimento agora em curso.

A entidade que gere a EHF garante ainda que não vai sair de Fátima nem do Edifício dos Monfortinos.

entroncamentovaivemoceanario

O Vaivém Oceanário vai chegar no próximo dia 19 de novembro ao Largo José Duarte Coelho, no Entroncamento, onde apresentará a sua exposição itinerante até 25 do mesmo mês.

Esta mostra interativa convida sobretudo professores e alunos a descobrir e compreender a influência dos oceanos, o seu impacto e qual é o papel do ser humano na sua conservação.

“É um convite à descoberta do maior ecossistema do planeta, residência de mais de 238 mil espécies marinhas e onde há muito por revelar e explorar”, explica uma nota de imprensa da Câmara do Entroncamento, que acrecenta que a exposição pode ser visitada entre as 14 e as 17 horas no dia 19 de novembro, e entre as 9h30m e as 17 horas nos restantes dias, mediante inscrição prévia no setor de educação da autarquia.

No dia 22, às 17h30m, vai decorrer um workshop para professores e educadores, e o público em geral poderá visitar o Vaivém Oceanário a 24 de novembro, dia do concelho, e no último dia.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves