chamusca latitude4micromineiro slide

Educação

azambuja dia no campo

Cerca de um milhar e meio de participantes são esperadas no dia 28 de abril na atividade “Um dia no campo”, organizada pela autarquia nos antigos viveiros do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), na Estrada Nacional 366, junto a Aveiras de Baixo, entre as 10h00 e as 15h00.

O evento irá contar com crianças do ensino pré-escolar, do 1º ciclo e de vários centros ATL, bem como dos utentes da Cerci-Flor da Vida e de idosos de diversas Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho de Azambuja.

Os serviços municipais contam com a colaboração de várias entidades que apresentarão ateliês com informação e experiências relativas à proteção da Natureza. Os grandes objetivos da ação passam por contribuir para a defesa e valorização das florestas, da agricultura e do meio ambiente; bem como motivar os cidadãos, sobretudo os mais jovens, para o uso racional dos recursos naturais.

A Câmara Municipal de Azambuja vai ter vários setores a participar. A Ação Social com os temas “Viagem do Sentir” e “Arca Mágica”; a Cultura apresentará a oficina “Cana Rachada” e a equipa das bibliotecas municipais convida para “Contos no campo”. Haverá, ainda, actividade física, Atividades de Enriquecimento Curricular, uma discoteca “Disco Kids”, e estarão presentes a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens com a proposta “A brincar e a sorrir vamos proteger”, a Juventude com o ateliê “Brincar com origami”, o Ambiente com o ateliê “Ciência ou Magia”, o Gabinete de Inserção Profissional com o tema “À Descoberta das Profissões”, e a Universidade da Terceira Idade com “Artes recicladas”.

torresnovastamaraalves

A artista urbana Tamara Alves está a dar formação a um grupo de alunos que frequentam o curso de artes do 12º ano da Escola Secundária Maria Lamas, em Torres Novas, com vista à execução de um mural numa parede exterior à biblioteca da cidade.

A pintura do mural está agendada para os dias 3, 4 e 5 de maio, naquela que será a conclusão de um projeto de arte urbana intitulado “Pensar Torres Novas – Viver a cidade”, promovido pelo Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares (SABE) da biblioteca torrejana.

Os alunos deste agrupamento foram desafiados “a apropriarem-se da cidade, permitindo que projetem a pintura de um mural e de outros trabalhos que deverão ser implementados e desenvolvidos de acordo com as temáticas propostas: a memória da cidade, a memória do lugar e os 80 anos da fundação da Biblioteca-Museu”, explica uma nota de imprensa da Câmara de Torres Novas.

abrantesalunovencedor

Tiago Queirós, aluno da Escola Secundária Solano de Abreu, em Abrantes, foi o vencedor da edição 2017 do “High School Innovation Summit”, um concurso de ideias de produtos e serviços inovadores com recurso às tecnologias, que decorreu no Parque Tecnológico do Vale do Tejo, em Alferrarede.

A ideia vencedora consta da criação de uma plataforma agregadora de prestação de serviços múltiplos, e o vencedor terá a possibilidade de desenvolver o seu projeto em parceria com a Plataforma Lusídeias, do grupo Compta, instalada no parque tecnológico.

O aluno Bernardo Monteiro Rosa, da Escola Profissional de Torres Novas (EPTN), ficou no segundo lugar do concurso com um projeto de uma plataforma agregadora do historial clinico, de fácil acesso a profissionais de saúde e meios de emergências.

Pedro Moreira e Luis Paulo, também da EPTN, conquistaram a 3ª posição com uma “party list”, numa iniciativa que juntou cerca de 300 alunos finalistas dos ensinos secundário e profissional dos concelhos de Abrantes, Tomar, Alcanena, Vila Nova da Barquinha e Torres Novas.

Aos prémios atribuídos aos vencedores, acrescem bolsas de estudo e estágios de verão que vão decorrer numa das empresas associadas à organização do “High School Innovation Summit”.

XTerra Golegã - Fotos Carlos Simões