chamusca appelgalego natal2017

Educação

ouremrestauranteclaustromonfortino

O restaurante de aplicação da Escola de Hotelaria de Fátima, o “Claustro Monfortino”, reabriu ao público esta segunda-feira, 9 de outubro, passando a estar de portas abertas de segunda a sexta-feira, apenas durante o período de almoço.

A confeção das refeições e das sobremesas é assegurada pelos alunos dos cursos de cozinha e pastelaria da escola, ao passo que serviço de mesa estará entregue aos alunos dos cursos de restaurante e bar, sob a orientação dos professores.

Com uma sala com capacidade para 22 pessoas, o restaurante serviu cerca de 2.400 refeições no ano letivo passado, tornando-se um local bastante procurado na região tanto pela qualidade dos pratos servidos como pelo ambiente calmo em que são servidas as refeições.

As ementas diárias podem ser consultadas na página da Internet da escola, em www.ehf.pt.

cenfim

O Núcleo de Santarém do Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica (CENFIM) tem abertas inscrições para os curso de soldadura, que atribuirá Certificação Internacional EWF/IIW, e autómatos programáveis.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do telefone 243 326676 ou e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. , onde poderão também ser obtidas outras informações.

santaremescolaalexandreherculano

No ano letivo 2017 / 2018, o Agrupamento de Escolas Alexandre Herculano, em Santarém, vai desenvolver dois projetos “Erasmus KA2 – Ação-chave 02 / Cooperação para a Inovação”, envolvendo alunos, professores dos diferentes ciclos de ensino e elementos da comunidade educativa.

A equipa “Erasmus+” do agrupamento, composta pelos professores Sérgio Coelho e Manuela Farinha, está a dar vida ao projeto “4Elements-for a green planet”, que já foi aprovado pela Agência Nacional Portuguesa “Erasmus+”.

O referido projeto, que tem o agrupamento scalabitano na qualidade de coordenador, envolve outras três escolas europeias, a Zakladni Skola na República Checa, Stichting SintLucas na Holanda, e Ciro Scianna na Itália.

O Agrupamento colabora ainda, na qualidade de membro parceiro, no projeto “No Place for Hate”, que envolve cinco escolas europeias, a Scoala Gimnaziala nr.1 Branesti na Roménia, a Szkola Podstawowa nr 7 na Polónia, a Alec Hunter Academy no Reino Unido, a Osnovna Skola Petrijanec na Croáciam, e a 23 Nisan Ortaokulu na Turquia.

No âmbito destes projetos, “os alunos serão motivados a abordar temáticas relacionadas com o ambiente e a promoverem atitudes e ideias empreendedoras face à questão e, ainda, a trabalharem temas que visam a aceitação social do próximo”, expica uma nota de imprensa da equipa Erasmus da Escola Alexandre Herculano, que acrescenta que “a par dos projetos eTwinning, o agrupamento continua a apostar na sua dimensão europeia, abrindo as portas a novas experiências, partilha de saberes e de culturas, à inovação e ao empreendedorismo".

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis