chamusca apptagus

Educação

salvaterrauniveridadeseniorencerramento

Cerca de 100 alunos e professores da Universidade Sénior de Salvaterra de Magos (USSM) receberam os respetivos diplomas na cerimónia de encerramento do ano letivo 2016 / 2017, que foi também o culminar da “Semana Aberta” da instituição, que incluiu um piquenique para alunos e familiares na Praia Doce, uma aula de yoga no jardim do Cais da Vala e um passeio à Ericeira e visita ao Convento do Mafra.

Na cerimónia de encerramento, que contou com atuações do coro e da classe de dança, o presidente da Câmara de Salvaterra de Magos, Hélder Esménio, anunciou que a universidade terá novas disciplinas, nomeadamente Francês e História, no próximo ano letivo e será criado um clube de leitura.

A USSM conta anualmente com cerca de 150 alunos e quase duas dezenas de formadores, que lecionam 22 disciplinas, desde o inglês à informática, passando pela biologia, história local e património cultural concelhio, direito e desporto, entre outras.

No ano letivo que terminou, promoveu várias atividades e visitas de estudo, nomeadamente uma ida ao Teatro Politeama para assistir ao musical “Amália”, uma visita ao Oceanário de Lisboa, uma visita ao Santuário de Fátima e às Grutas da Moeda, em São Mamede, e um workshop de cozinha, entre outros.

santaremartedeeducar2017

A 5ª edição do encontro “A Arte de Educar”, que se realiza no próximo dia 12 de julho, a partir das 9 horas, no auditório da Escola Superior de Saúde de Santarém (ESSS), vai ser dedicado à análise das relações entre a escola e as famílias.

“Escola com pais: (des) harmonia? (des) compassos?” é o tema geral desta iniciativa, organizada pelo Agrupamento de Escolas Alexandre Herculano, em Santarém.

No que se refere aos oradores, o evento vai contar com a participação de Mariana Pimentel, da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, Jorge Ascensão, presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais, Paulo Sargento, da Escola Superior de Saúde Ribeiro Sanches, Carlos Neto, da Faculdade de Motricidade Humana, e Nuno Colaço, do Centro de Excelência para a Psicologia.

“Apesar de atualmente a escola e a família interagirem constantemente em relações reciprocas, trata-se de um encontro entre duas instituições também elas em plena transformação”, explica a organização na apresentação que faz do encontro, onde acrescenta que “as relações mais ou menos tensas entre estas instituições podem ser analisadas e problematizadas como resultado de grandes expectativas reciprocas, de um lado e do outro”.

cartaxoagrupamentosolidariedade

O agrupamento de escolas Marcelino Mesquita, no Cartaxo, entregou 1.130 euros à Associação de Apoio Social CLR, um projeto de intervenção humanitária em Portugal e África.

A verba foi conseguida durante a iniciativa “A Escola Tem Talento”, a gala anual do agrupamento, que se realizou no passado mês de maio no Centro Cultural do Cartaxo, e que tinha por objetivo angariar fundos monetários para fins solidários.

A verba vai servir para este projeto de apoio social colocar a cobertura de um parque infantil num dos centros de acolhimento temporário de crianças a que está ligado.

XTerra Golegã - Fotos Carlos Simões