chamusca ehtoiromicromineiro slide

corucheviolencianamoro

A Associação Plano i vai dinamizar três sessões do mesmo workshop dedicado à sensibilização e prevenção da violência no namoro no auditório do pavilhão desportivo municipal de Coruche, no dia 15 de fevereiro, às 11, 14h30 e 16h30.

“Eu daria o meu mundo por ti, mas preciso dele” é o nome do workshop, que tem como público alvo cerca de 180 alunos da Escola Profissional de Coruche e da Escola Secundária do Agrupamento de Escolas de Coruche.

Esta ação é concretizada através de um caso prático hipotético, uma situação de namoro entre uma rapariga de 14 anos com um rapaz de 16 anos, onde são abordados os diferentes tipos de violência, as diversas provas de amor e ciúme, o controlo efetuado a partir das redes sociais, a partilha de passwords ou as formas de vestir, entre outras questões.

O workshop faz também uma abordagem ao início da vida sexual, à tipificação legal da violência enquanto crime público, as consequências da violência e as estratégias para a evitar, encerrando com um exercício prático com os alunos. onde é apresentada a solução do caso prático inicial.

Neste momento, segundo uma nota de imprensa da Câmara de Coruche, a associação Plano i está a efetuar um mapeamento da realidade da violência no namoro em Portugal, através do Observatório da Violência no Namoro, com o objetivo recolher informação sobre casos reais ocorridos durante o ano de 2018.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis