chamuscal apartilhatecfresh2018 slide

A Câmara de Santarém lançou este mês os concursos públicos para a ampliação da EB1 e Jardim de Infância da Portela das Padeiras e do Vale de Santarém, dois estabelecimentos de ensino há muito a necessitar de obras.

No caso da Portela das Padeiras, o valor do preço base do procedimento é de cerca de 192 mil euros e o prazo contratual para concluir as obras é de 180 dias (cerca de 6 meses) após a adjudicação.

Já no caso do Vale de Santarém, o valor do preço base do procedimento ronda os 218 mil euros, também com um prazo de 180 dias.

Recorde-se que este já é o segundo concurso lançado para estas obras. O primeiro, ganho em ambos os casos pela empresa pela Tytec, em Maio de 2017, acabou por ficar sem efeito devido à desistência da empresa numa fase em que já não era possível adjudicar a obra à segunda classificada.

No Vale de Santarém, segundo uma nota de imprensa da autarquia aquando do primeiro concurso, a empreitada contempla a “criação de mais salas de aula, centro de recursos, refeitório e adaptação de casas de banho”.

A intervenção na Portela das Padeiras “tem como objetivo a sua ampliação, de modo a dotar a escola de mais duas salas, instalações sanitárias, construção de instalação sanitária para pessoas de mobilidade reduzida, duas salas para o jardim-de-infância e quatro salas para o ensino básico”, explica a mesma nota.

Ainda na Portela, a entrada da escola passa a ser mais direta e protegida através de uma pala, e terá acesso para pessoas com mobilidade reduzida através de rampas e acessibilidades para todos aos espaços de recreio.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves