chamusca appTecfresh17

santaremescolaalexandreherculano

No ano letivo 2017 / 2018, o Agrupamento de Escolas Alexandre Herculano, em Santarém, vai desenvolver dois projetos “Erasmus KA2 – Ação-chave 02 / Cooperação para a Inovação”, envolvendo alunos, professores dos diferentes ciclos de ensino e elementos da comunidade educativa.

A equipa “Erasmus+” do agrupamento, composta pelos professores Sérgio Coelho e Manuela Farinha, está a dar vida ao projeto “4Elements-for a green planet”, que já foi aprovado pela Agência Nacional Portuguesa “Erasmus+”.

O referido projeto, que tem o agrupamento scalabitano na qualidade de coordenador, envolve outras três escolas europeias, a Zakladni Skola na República Checa, Stichting SintLucas na Holanda, e Ciro Scianna na Itália.

O Agrupamento colabora ainda, na qualidade de membro parceiro, no projeto “No Place for Hate”, que envolve cinco escolas europeias, a Scoala Gimnaziala nr.1 Branesti na Roménia, a Szkola Podstawowa nr 7 na Polónia, a Alec Hunter Academy no Reino Unido, a Osnovna Skola Petrijanec na Croáciam, e a 23 Nisan Ortaokulu na Turquia.

No âmbito destes projetos, “os alunos serão motivados a abordar temáticas relacionadas com o ambiente e a promoverem atitudes e ideias empreendedoras face à questão e, ainda, a trabalharem temas que visam a aceitação social do próximo”, expica uma nota de imprensa da equipa Erasmus da Escola Alexandre Herculano, que acrescenta que “a par dos projetos eTwinning, o agrupamento continua a apostar na sua dimensão europeia, abrindo as portas a novas experiências, partilha de saberes e de culturas, à inovação e ao empreendedorismo".

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis