chamusca apptagus

escuteirosACANAC01

Várias centenas de escuteiros de agrupamentos do Ribatejo estão a participar no acampamento nacional “ACANAC 2017”, que arrancou esta segunda-feira, 31 de julho, e se estende até 6 de agosto, em Idanha-a-Nova.

O acampamento, que reúne cerca de 21.500 escuteiros e que é o maior de sempre realizado em Portugal, recebeu no primeiro dia o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que, de lenço ao pescoço, nunca se fez rogado às já famosas selfies.

Organizado pelo Corpo Nacional de Escutas (CNE), este é 23º acampamento nacional, e conta com escuteiros de Portugal e de mais nove países do mundo, entre eles a Nigéria e Israel.

escuteirosACANAC02Realizado sob o lema “Abraça o Futuro”, os números do ACANAC são impressionantes: a Idanha-a-Nova chegaram 400 autocarros de todo o país, estando os participantes instalados num recinto com cerca de quatro mil tendas montadas, dois supermercados, dois restaurantes e uma arena para 25.000 pessoas.

Durante o acampamento, vão realizar-se 300 workshops, e há 320 canoas e cinco mil coletes de salvação para as várias atividades previstas, e que vão desde “raides, atividades náuticas, desportos diversos, atividades socioeducativas, ações de serviço com a comunidade local, intercâmbio e cooperação internacional e educação para a paz.

No dia 3 de agosto, pelas 21h30, há uma tertúlia com o secretário de Estado da Educação, João Costa, e o presidente do Comité Mundial do Movimento Escutista, o português João Armando Gonçalves.

XTerra Golegã - Fotos Carlos Simões