chamusca appmicromineiro slide

concursoEPSMpremio

Os projetos apresentados pela Escola Profissional de Salvaterra de Magos (EPSM) e pela Escola Profissional de Coruche (EPC) estiveram em destaque na edição de 2017 do “AptiPro”, um concurso de protótipos tecnológicos que decorreu no Instituto Profissional da Bairrada, em Oliveira do Bairro.

No que se refere à EPSM, o projeto “Green Food Balance” arrecadou dois prémios, o 1º lugar a nível nacional e a distinção “Escola Preferida”.

O “Green Food Balance” é um projeto que tem por objetivo viabilizar a transformação dos mais diversos produtos hortofrutícolas em ração para herbívoros e omnívoros, onde, além do reaproveitamento, o excedente da matéria-prima para a ração será utilizado como fertilizante orgânico.

A sua mais valia foi confirmada através do contacto com o tecido empresarial, mais especificamente com as empresas do grupo ETSA, que mostraram interesse no projeto.

Ainda da EPSM, o projeto “Clean Cutlery”, que venceu recentemente o concurso “Ciência na Escola” da Fundação Ilídio Pinho, foi também um dos finalistas no “AptiPro 2017”.

“Os resultados alcançados são consequência do esforço e do trabalho de uma equipa de bons alunos e professores, cujo energia e dedicação alcançam, nestes momentos, o reconhecimento de várias entidades", referiu o diretor-geral da EPSM, Duarte Bernardo, lembrando que “este tem sido um ano cheio de prémios para a escola”.

concursoEPCpremioNo que se refere à EPC, o projeto “Linha Transformadora de Milho”, recebeu uma menção honrosa neste “AptiPro 2017”.

O projeto apresentado pelos alunos Miguel Pereira e João Santos, do 12º ano do curso técnico de manutenção industrial / eletromecânica, foi um dos seis finalistas entre os 28 a concurso.

Os alunos receberam um prémio monetário de 100 euros, e a escola um cheque-vale em equipamentos no valor de 200 euros.

XTerra Golegã - Fotos Carlos Simões