chamusca pinoquioavisan2017

O atual presidente da Fundação INATEL, da Assembleia Municipal de Salvaterra de Magos e da Assembleia da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo, Francisco Madelino, é o novo presidente do Conselho Geral do Instituto Politécnico de Santarém (IPS).

Licenciado em Economia pelo Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa, Madelino é ainda docente de Economia do Trabalho no ISCTE, tendo presidido ao Instituto de Emprego e Formação Profissional durante sete anos.

Em declarações à agência Lusa, Francisco Madelino explicou que aceitou o desafio para integrar, como membro externo cooptado, o órgão que reúne representantes de professores, alunos e pessoal não docente das cinco escolas do IPS, no âmbito da “intervenção cívica muito forte” que tem tido no Ribatejo e por acreditar que esta instituição de ensino superior é “fundamental” para desenvolver a inovação na região.

O Conselho Geral do IPS inclui ainda o deputado do PCP eleito pelo distrito de Santarém António Filipe, o antigo presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) de Lisboa e Vale do Tejo, António Fonseca Ferreira, o presidente da Comissão Executiva da Associação Empresarial da Região de Santarém (Nersant) e ex-deputado do PSD, António Campos.

Manuel Santana Castilho, que já foi presidente da Escola Superior de Educação do IPS e é atualmente consultor na área da Educação, e Nelson Baltazar, que foi governador civil de Santarém e deputado (PS) e é atualmente assessor do presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Lisboa Norte, são os outros elementos cooptados.

O Conselho Geral do IPS integra ainda 11 representantes dos professores, três dos estudantes e um do pessoal não docente, num total de 21 membros.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis