chamusca ascensao2017fna2017

abrantesmitsubishihackaton

As inscrições para o “Hey! Hackathon”, a maratona tecnológica dirigida a estudantes do ensino superior promovida pela Mitsubishi Fuso Truck Europe (MFTE) no Tramagal, concelho de Abrantes, superou todas as expectativas e bateu o recorde de candidaturas.

O número de alunos foi aumentado de 100 para 115, elevando de 20 para 25 o número de equipas participantes, tendo em conta “a grande adesão por parte das universidades e politécnicos”, informa a organização em comunicado, explicando que foram rececionadas um total de 34 candidaturas.

As universidades do Minho, Porto, Aveiro, Coimbra e Lisboa e os politécnicos do Porto, Leiria e Tomar são algumas das instituições de ensino superior que vão estar representadas no evento, que terá lugar nos dias 28 e 29 de abril, na fábrica da MFTE.

Tendo como tema central “Be Connected - a conectividade no âmbito da transformação digital e da Indústria 4.0”, o “Hey! Hackathon” vai decorrer num ambiente de laboratório colaborativo disponibilizado pela Mitsubishi e “tem como objetivo promover o aparecimento de soluções inovadoras para projetos sustentáveis da área da conectividade”, explica o mesmo comunicado.

Cada equipa terá até cinco estudantes de licenciatura ou mestrado, de cursos como engenharia aeroespacial, mecânica, informática ou eletrónica, mas também de psicologia e design de produto.

As 25 equipas serão incentivadas a encontrar soluções para desafios em três áreas principais, “Connected Product”, como um serviço de mobilidade sustentável, “Connected Process”, como uma ferramenta para a eficiência produtiva, e “Connected People”, como forma de melhorar a comunicação na linha de produção (chão de fábrica).

Os projetos de cada uma das equipas serão avaliados por um júri, e serão premiados os três melhores.

Esta será a segunda edição do “Hey! Hackathon” em Portugal, sendo que em 2016 as equipas participantes desenvolveram projetos nas áreas da Logística Interna, Qualidade, Produção e Engenharia Industrial.

Balonismo em Coruche - Fotos João Dinis