chamusca appTecfresh17

Educação

entroncamentoalunosalemanha

Um grupo de 19 estudantes e 4 professores de Friedberg, na Alemanha, está no Entroncamento até à próxima quinta-feira, 19 de outubro, no âmbito de um intercâmbio juvenil escolar da rede de cooperação que existe entre as duas cidades.

Os professores e os alunos, com idades entre os 12 e os 17 anos, estão a residir temporariamente em casa de famílias de acolhimento do Entroncamento.

Do programa do intercâmbio, constam visitas de âmbito turístico, cultural, recreativo e desportivo ao Castelo de Almourol, ao Parque de Vila Nova da Barquinha, ao Convento de Cristo e cidade de Tomar, ao Museu Nacional Ferroviário, ao quartel dos Bombeiros Voluntários do Entroncamento, ao Centro de Línguas, ao Parque Verde do Bonito e seu Complexo Desportivo, ao centro da cidade, ao Cristo Rei, em Almada e a Belém.

Os jovens vão ainda participar em aulas no Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento e na Escola Profissional Gustave Eiffel.

santaremalexandreherculanoerasmus

O Agrupamento de Escolas Alexandre Herculano recebeu professores oriundos da República Checa, da Holanda e de Itália numa reunião transnacional com países parceiros do projeto Erasmus+ “4Elements”, que este agrupamento está a coordenar.

Os trabalhos, que decorreram nos dias 9 e 10 de outubro, serviram para debater estratégias comuns de dinamização do projeto, e foram coordenados pelos professores responsáveis pela Equipa Erasmus do agrupamento, Manuela Farinha e Sérgio Coelho, contando com a participação dos professores coordenadores dos três países europeus envolvidos.

Além de oficializar o arranque dos projetos no agrupamento, este encontro ficou também marcado pelo descerramento de uma placa “Erasmus”, afixada na portaria da EB Alexandre Herculano.

Os professores estrangeiros ficaram ainda a conhecer os ex-libris turísticos e os principais pontos de interesse da cidade de Santarém, que receberá em breve outros grupos de professores e alunos estrangeiros, ao abrigo deste projeto.

ouremrestauranteclaustromonfortino

O restaurante de aplicação da Escola de Hotelaria de Fátima, o “Claustro Monfortino”, reabriu ao público esta segunda-feira, 9 de outubro, passando a estar de portas abertas de segunda a sexta-feira, apenas durante o período de almoço.

A confeção das refeições e das sobremesas é assegurada pelos alunos dos cursos de cozinha e pastelaria da escola, ao passo que serviço de mesa estará entregue aos alunos dos cursos de restaurante e bar, sob a orientação dos professores.

Com uma sala com capacidade para 22 pessoas, o restaurante serviu cerca de 2.400 refeições no ano letivo passado, tornando-se um local bastante procurado na região tanto pela qualidade dos pratos servidos como pelo ambiente calmo em que são servidas as refeições.

As ementas diárias podem ser consultadas na página da Internet da escola, em www.ehf.pt.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis