chamusca ascensao2017fna2017

Economia

santaremnersantsecestadoencnegocios

Jorge Costa Oliveira, o secretário de Estado da Internacionalização é o convidado de honra do encerramento do seminário "O potencial da língua portuguesa no mundo dos negócios", que vai decorrer no dia 23 de maio, às 17 horas, em Santarém, inserido no Encontro dos Negócios em Português que a Nersant está a organizar.

Este seminário, que visa debater e apresentar a importância da língua portuguesa no mundo dos negócios internacionais, vai sentar oradores de vários países numa mesa redonda para debater a temática e dar os seus pontos de vistas sobre o assunto.

No decorrer do evento, segundo uma nota de imprensa da Associação Empresarial da Região do Santarém, “serão ainda apresentados oficialmente os embaixadores empresariais do Ribatejo, criados para apoiar a entrada das empresas da região nos mercados em que estejam instalados e ainda identificar oportunidades de negócio e promover o potencial da região e das suas empresas nos mesmos”.

O Encontro Negócios em Português vai decorrer entre os dias 22 e 24 de maio, com o objetivo de promover as relações económicas entre empresas portuguesas, empresários da CPLP, empresários diáspora portuguesa e lusodescendentes.

Neste momento, estão já inscritos 16 países estrangeiros no evento, África do Sul, Alemanha, Angola, Brasil, Cabo Verde, Canadá, Chile, Costa do Marfim, França, Guiné-Bissau, Luxemburgo, Moçambique, Reino Unido, S. Tomé e Príncipe, Senegal e Suíça.

santaremadorosermulher

A comunidade internacional de empreendedoras “Adoro.Ser.Mulher” vai apresentar-se oficialmente em Santarém na próxima sexta-feira, 12 de Maio, pelas 18 horas, na Fundação Passos Canavarro – Casa Museu, onde vai decorrer um cocktail onde estarão presentes empresárias de várias cidades e embaixadoras desta rede.

“O nosso objetivo é unir em rede o empreendedorismo feminino lusófono e das comunidades portuguesas no estrangeiro”, explica a gestora local da «Adoro.Ser.Mulher D' Santarém», Maria de Bragança Serrão, que é também responsável pela dinamização do grupo na cidade.

A “Adoro.Ser.Mulher” possibilita às empreendedoras “fazer crescer a rede de contactos, aumentar o leque de potenciais clientes ou parceiros, evoluir com networking, seminários, formações, feiras e, acompanhar histórias de carreira inspiradoras”, acrescenta a responsável.

Segundo Maria de Bragança Serrão, “contamos com 500 mulheres registadas na primeira rede social privada construída em Portugal, com mais de 100 eventos organizados em três anos e com 2000 mulheres que tiveram a oportunidade de acelerar os seus negócios, de forma direta ou, indiretamente”.

goma camps

A empresa espanhola Goma Camps, cuja atividade está ligada ao setor do papel, vai fechar até ao final do ano a sua unidade de produção localizada na Zona Industrial de Montalvo, em Constância, deixando sem emprego 59 pessoas, 34 deles no quadro e 25 em trabalho temporário.

A notícia é avançada pela agência Lusa, que cita a presidente da Câmara de Constância, Júlia Amorim, que recebeu a informação numa reunião tida com o responsável da fábrica em Portugal.

Segundo a autarca, o motivo apresentado para o encerramento da atividade operacional ao nível da produção e da logística em Constância, foi a "necessidade de organização interna do grupo empresarial" espanhol, que se dedica ao fabrico, transformação e comercialização de produtos em papel tisú.

"A empresa está ainda a funcionar dentro da normalidade, ou seja, ao máximo, com três turnos, e não disseram o dia certo de encerramento. O problema é que não escoa o que produz e decidiram passar a produzir em Espanha, onde investiram recentemente", disse Júlia Amorim à Lusa.

A Goma Camps Portugal é uma das empresas mais antigas no setor do papel, com 250 anos de história, tendo nascido pelas mãos de uma família catalã, numa pequena oficina artesanal, em Espanha. Ao longo dos anos o grupo foi-se expandido e está em Portugal desde 1995.

A unidade portuguesa é uma das sete que formam a multinacional presente em Espanha, França, Portugal e Marrocos.

Balonismo em Coruche - Fotos João Dinis