chamusca natalmicromineiro slide

Economia

font-salem

O Governo aprovou esta quinta-feira, 8 de novembro, em Conselho de Ministros, a minuta do contrato fiscal entre o Estado e a Font Salem Portugal S.A., que atribui um crédito de imposto, em sede de IRC, até 17%, isenção de IMI durante 10 anos e isenção do imposto do selo, para um projeto com um investimento associado de 40,1 milhões de euros, que prevê a criação de 51 postos de trabalho.

A aprovação desta minuto é o passo decisivo para um investimento que a empresa anunciou a 9 de fevereiro deste ano, como a Rede Regional avançou na altura, que prevê, ao longo dos próximos três anos, a duplicação da produção até aos quatro milhões de hectolitros de cerveja e refrigerantes.

A fábrica da Font Salem em Santarém, que também é conhecida por “Fábrica do Cintra”, numa alusão ao primeiro proprietário, o empresário José Sousa Cintra, que abriu a unidade fabril em 2002, pretende aumentar em 50% a capacidade de produção de cerveja, que chegará perto dos dois milhões de hectolitros e a instalação de mais uma linha de enchimento de vidro, que se juntará às seis já existentes (uma para barris, uma para vidro, duas para latas e duas para ‘pet’, uma delas assético). Os outros dois milhões de hectolitros de produção serão de refrigerantes.

ouremstartupnersant

A Nersant e a Câmara Municipal de Ourém assinaram o contrato de empreitada de obras públicas para a criação da Startup Ourém, uma estrutura de apoio ao empreendedorismo que terá como objetivo atrair e instalar novos projetos empresariais neste concelho.

O contrato de empreitada, assinado esta quarta-feira, 7 de novembro, marca o avanço das obras de adaptação ao primeiro andar do edifício que foi sede do CRIO - Centro de Recuperação Infantil Oureense, onde ficará situada a infraestrutura.

A Startup Ourém terá a capacidade para cerca de 30 empresas que, além do usufruto do espaço cedido pela autarquia, poderão receber apoio por parte das equipas técnicas de apoio ao empreendedorismo da Nersant.

No local, ficará ainda sediado o núcleo da associação empresarial em Ourém, que atualmente está localizado no Centro de Negócios da cidade.

opticenter equipa

O empresário scalabitano Marco Pombo inaugurou no sábado, 3 de novembro, uma nova loja da cadeia ótica Opticenter na cidade de Santarém.

Com um investimento superior a 100 mil euros, a nova loja, situada no nº 24 do Largo do Seminário, tem cerca de 250 metros quadrados e divide-se em duas granes áreas: a exposição e venda de óculos e a zona de exames e consultórios, apetrechada com equipamentos de topo na área.

Aberta diariamente de segunda a sexta-feira entre as 9h30 e as 19h30, incluindo à hora do almoço, a loja pretende dar resposta a quem tem horários que não lhe permitem frequentar o comércio no chamado horário "normal". Aos sábados, a abertura é também às 9h30 e o encerramento às 18h00.

A Opticenter de Santarém é a 37ª franquia do grupo ótico, 100 por cento nacional, na qual Marco Pombo assume a dupla missão de franqueador e franquiado, uma vez que além de proprietário desta nova loja, é director de operações do grupo desde janeiro de 2017.

Seguindo o conceito de "óculos ao preço certo", na loja Opticenter de Santarém, 80% dos óculos em exposição têm preço fixo, a começar pelos monofocais a partir de 79 euros. Uma boa parte das marcas são exclusivas e de fabrico nacional mas a loja tem também óculos de algumas das marcas mais populares internacionalmente.

Na parte destinada aos serviços óticos, a loja está dotada com um consultório de Contactologia, outro de Optometria (onde se destaca a realização do exame de Retinografia) e um laboratório técnico que permite entregar os óculos progressivos no dia seguinte ao da compra e os óculos monofocais em cerca de 20 minutos.

UM SONHO TORNADO REALIDADE

opticenter marco mendesEmpresário desde 1996, quando fundou a Sologica, empresa de informática, Marco Pombo está ligado ao ramo ótico desde dezembro de 2005. Começou como diretor regional da cadeia MultiOpticas, onde esteve uma década e chegou a director de compras e logística do grupo GrandVision Portugal, que incluía a MultiOpticas e a GrandOptical.

Antes de se ligar à Opticenter, Marco Pombo criou ainda a marca "O Pão em Casa", uma plataforma online logística, multi-operação com mais de 30 unidades em todo o país, que tem como missão a entrega diária no mercado residencial de pão e outros produtos relacionados com pequeno-almoço.

Mas a ligação ao ramo ótico nunca desapareceu e Marco Pombo conseguiu finalmente concretizar o sonho antigo de abrir uma ótica na sua cidade natal.

"Estou confiante que vamos ter sucesso nesta região porque a par do preço certo dos nossos óculos, contamos com um gabinete de exame visual dotado de tecnologia de última geração", explica, acrescentando que "a equipa da loja é composta por "quatro pessoas com elevada experiência no mercado".

UMA ROMARIA QUE COMEÇOU PELA MADRUGADA

opticenter casalA abertura da Opticenter de Santarém ficou marcada por uma enorme romaria à loja, que oferecia 100 pares de óculos monofocais aos primeiros 100 clientes. E houve quem não quisesse arriscar ficar de fora da promoção. O relógio marcava 00h25 quando chegaram os primeiros clientes, um casal de São Vicente do Paul (na foto com Fernando Mendes, embaixador da marca).

A ligação à região está também patente no apoio que a Opticenter Santarém vai dar a várias equipas da cidade - Vitória, Santarém Basket e Rugby Clube de Santarém - numa política clara de apoio ao desporto juvenil.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves