chamusca appTecfresh17

Economia

constanciasemanaturismoativo

Entre os dias 9 e 17 de setembro, a Câmara de Constância vai promover a segunda edição do festival das grandes rotas e semana do turismo ativo, uma iniciativa de promoção e divulgação do património local através de várias atividades de natureza e ar livre.

Esta edição, que está integrada “na estratégia de valorização turística do Médio Tejo”, segundo uma nota de imprensa da autarquia, vai ser mais focada na divulgação da Grande Rota do Zêzere, desde a nascente, no concelho de Manteigas, até à foz, em Constância.

“A iniciativa permitirá a partilha de demonstrações culturais características de todas as regiões ao longo dos 370 quilómetros que o rio Zêzere percorre até ao Tejo, que vão da música ao artesanato e da pintura à gastronomia”, explica a autarquia, que sublinha ainda “o elevado número de parceiros e entidades envolvidas numa missão comum: a promoção e valorização turística do interior e das sub-regiões representadas”.

“É de realçar que não existe nenhum outro evento em Portugal que se focalize em dois percursos sinalizados – a Grande Rota do Zêzere e a Grande Rota do Tejo – e os transforme em equipamentos altamente potenciadores de dinâmicas culturais e económicas, através do turismo ativo e de lazer”, lê-se na mesma nota.

regiaocriacaoempresas

Até ao final do mês de junho de 2107, foram criadas 600 novas empresas e sociedades comerciais no distrito de Santarém, em comparação com o período homólogo do ano passado.

As contas são da Nersant, que analisou os dados da região e chegou à conclusão que foram criadas mais 11 empresas em comparação com os dados referentes ao primeiro semestre de 2016 (589).

Em termos de concelhos, Santarém surge no primeiro lugar, com 99 empresas registadas nos primeiros seis meses de 2017, seguido por Ourém, com 77, Benavente, com 61, Torres Novas, com 50, e Abrantes, com 44.

A associação empresarial sublinha que não há grandes alterações a nível dos concelhos mais dinâmicos na criação de sociedades comerciais, sendo que estes cinco concelhos concentram praticamente 50% do número de novas empresas que surgiram este ano.

“Digno de nota é ainda o crescimento de alguns concelhos do distrito em 2017 em relação ao mesmo período de 2016”, lê-se numa nota de imprensa da Nersant, que explica que “Ferreira do Zêzere aumentou em 150% a criação de sociedades entre janeiro e junho de 2017, Constância aumentou 133% e Sardoal cresceu 100%”.

“De notar ainda o crescimento do concelho de Abrantes, que cresceu 63% em relação ao mesmo período de 2016, saltando do meio da tabela para o top 5 dos concelhos que mais sociedades criaram no 1.º semestre de 2017, substituindo Tomar, que ocupava este lugar em 2016”, afirma a mesma nota.

nersantreuniaoCAgricola

Depois da assinatura do protocolo que disponibiliza 64 milhões de euros para empresas associadas, a Nersant e o Grupo Crédito Agrícola voltaram a reunir na Startup Santarém para operacionalizar o acordo entre as duas entidades.

No encontro, as duas entidades concordaram “na criação de um interlocutor único da parte do Crédito Agrícola que faça a ligação com o balcão da área do negócio candidato ao financiamento”, explica uma nota de imprensa da associação empresarial.

Ao abrigo do protocolo, assinado a 12 de julho, o grupo bancário disponibiliza cinco linhas de crédito para as empresas associadas da Nersant, que irão responder às necessidades das empresas nas áreas do empreendedorismo, apoio à criação de empresas, apoio à tesouraria, eficiência energética, reindustrialização e apoio social, num total de 64 milhões de euros em linhas de financiamento.

Na reunião, marcaram presença António Campos e Pedro Félix, respetivamente presidente e vice-presidente da Comissão Executiva da Nersant, e os responsáveis dos diversos balcões que este protocolo vai envolver.

Esta iniciativa, segundo a mesma nota, é considerada de grande importância pela associação empresarial, “que tem assumido um papel ativo na busca de soluções de financiamento alternativas para as empresas, tendo em conta a escassez de crédito bancário”.

Dirigido exclusivamente para empresas associadas da Nersant, quer sejam empresários em nome individual ou pessoas coletivas de qualquer setor de atividade, a parceria vai poder beneficiar mais de 2500 empresas. 

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis