chamusca appelgalego natal2017

Economia

nersant viver tejo

Um grupo de empresários da região de Santarém defendeu esta quarta-feira, 15 de novembro, a criação urgente de uma entidade regional de turismo própria para o Ribatejo, terminando com a atual ligação ao Centro (Médio Tejo) e Alentejo (Lezíria do Tejo).

Esta mudança estratégica para a região é a grande conclusão do I Encontro Viver o Tejo, que hoje juntou cerca de 170 participantes ligados ao setor do turismo e que, ao longo de todo o dia, motivou várias conversas entre os diversos operadores do setor.

“Concluímos que o Ribatejo precisa de uma entidade regional própria, conhecedora do território, suas potencialidades e necessidades, que trabalhe uma estratégia para a região, inexistente no momento, e que se foque, daqui em diante, na promoção deste território. Esta é uma necessidade absolutamente fundamental e a principal conclusão que retiramos deste Encontro”, resumiu António Campos, presidente da Comissão Executiva da Associação Empresarial da Região de Santarém (Nersant), que organizou o evento.

António Campos diz que a região precisa de uma entidade regional de turismo do Ribatejo “que promova esta região única de Portugal, e que eleve os pontos fortes e as oportunidades que esta região apresenta, e que são distintas das potencialidades da região Centro e da Região Alentejo, onde atualmente estamos agregados”.

"Só com uma Entidade Regional Turismo próxima do nosso território, conseguiremos afirmar-nos no panorama do turismo nacional, assim como fazer do Ribatejo um destino turístico privilegiado, como bem merece", concluiu o dirigente da Nersant.

O relatório completo das conclusões do I Encontro Viver o Tejo vai agora ser compilado e divulgado publicamente em breve. 

colunas

Um empresário que pretende fabricar colunas de alta fidelidade em Almeirim apresentou esta semana um projeto à autarquia, que está agora a ser apreciado pelos técnicos municipais. "É um projeto inovador e que tem como parceiros as maiores marcas mundiais", refere o presidente da Câmara, Pedro Ribeiro", avançando que "a construção vai começar ainda este ano".

Mas este não é o único grande projeto que está prestes a arrancar em Almeirim. Pedro Ribeiro revelou igualmente que no final do mês passado teve uma reunião foi com investidores dinamarqueses, que têm previsto um investimento superior a dois milhões de euros. "Uma parte já está no terreno com vista à produção de frutos vermelhos", explicou.

 

NOTÍCIA RELACIONADA

Empresa agrícola estuda investimento de 19 milhões em Almeirim

iefp

A Delegação Regional de Lisboa e Vale do Tejo do Institutodo Emprego e Formação Profissional (IEFP) promove, de 13 a 24 de novembro, um conjunto deiniciativas de aproximação da sua rede de serviços de emprego e formação profissional ao tecidoempresarial local, às instituições de ensino superior e a outras entidades de relevo para ocumprimento da sua missão.

Nessas duas semanas, serão realizados seminários, workshops e mostras de formação, nosdiferentes serviços locais do IEFP de Lisboa e Vale do Tejo,especialmente dirigidos às empresas, assim como serão estabelecidos contactos diretos epessoais com os empregadores com o principal objetivo de divulgar os serviços e apoios de quepodem beneficiar.

Entre as várias iniciativas o destaque vai para o seminário “Mais conhecimento, mais inovação, mais e melhor emprego”, que terá lugar a 16 de novembro, a partir das 9h00, nas instalações do Serviço de Formação de Santarém doIEFP, situada na Zona Industrial de Santarém.

 

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis