app chamuscamicromineiro slide

Categoria: Economia

santaremtecfreshseminario

“A agricultura de precisão no sector horto-frutícola: como e porquê” é o nome da conferência que vai decorrer no dia 15 de novembro, no Cnema, em Santarém, inserida na Tecfresh’18 – Feira Tecnológica para Frutas e Hortícolas.

Mais do que explicar em que é que consiste a agricultura de precisão, pretende-se dar pistas para a sua adopção, assim como, através de exemplos práticos de agricultores e organizações que a praticam, transmitir as experiências sentidas quando se passa da teoria à prática nas suas mais variadas vertentes, nomeadamente ao nível das vantagens, constrangimentos, limitações e resultados obtidos.

Este seminário é organizado pela Confederação dos Agricultores Portugueses (CAP), e conta com a colaboração do ISA - Instituto Superior de Agronomia e da FNOP – Federação Nacional das Organizações de Produtores de Frutas e Hortícolas.

O certame, que se realiza entre os dias 15 e 17, vai ser palco de um ciclo de conferências e workshops, ações de formação e outros eventos ligados ao setor agrícola, com destaque para a fruticultura e horticultura para que agricultores, profissionais e futuros técnicos possam partilhar experiências e debater o presente e o futuro.

“Sendo a horto-fruticultura nacional um sector com enormes potencialidades e em franca expansão, um facto é que este tipo de práticas agrícolas ainda não está suficientemente interiorizado, face ao que acontece com outras culturas”, explica um press release da organização, que acrescenta que o “objetivo é partilhar práticas agronómicas, debater o presente e perspetivar o futuro, de uma forma abrangente por parte de agricultores em geral e dos horto-fruticultores em particular”.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves