chamusca natalmicromineiro slide

Categoria: Economia

abrantesTAGUSformacao

A Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior (TAGUS) vai arrancar no próximo mês de setembro com três ações de formação financiadas, em agricultura biológica, comércio e em turismo rural.

“Cada curso tem a duração de 300 horas, em horário laboral, e são destinados a desempregados e a beneficiários do Rendimento Social de Inserção”, explica uma nota de imprensa da TAGUS, que acrescenta que “os formandos terão direito a bolsa de formação, subsídios de alimentação e transporte, podendo assim complementar o seu apoio social”.

Os interessados em participar nestas formações, desenvolvidas no âmbito do POISE - Programa Operacional da Inclusão Social e Emprego, do Fundo Social Europeu (FSE), devem inscrever-se no sítio na Internet da TAGUS (www.tagus-ri.pt) ou dirigirem-se à sua sede, situada no antigo edifício do GAT - Gabinete de Apoio Técnico, junto ao IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional de Abrantes.

“Reforçar o apoio à pequena agricultura, contribuir para o rejuvenescimento do tecido social das zonas rurais e dar resposta às necessidades de recursos humanos qualificados para o sector mais relevante da economia local, a agricultura, são as finalidades das acções de formação da TAGUS”, lê-se ainda na nota de imprensa da associação.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves