banner jogos veraomicromineiro slide

Categoria: Economia

aguas ribatejo ag

A empresa intermunicipal Águas do Ribatejo aprovou esta quarta-feira, 28 de junho, a duplicação do seu capital social, que passa de 6,8 para 13,7 milhões de euros, mas que se mantém exclusivamente na mão dos 7 municípios que a constituem.

O presidente da Assembleia Geral da AR, Pedro Ribeiro, também presidente da Câmara Municipal de Almeirim, explica que o aumento de capital será efetuado “através da incorporação de reservas, isto é, por via dos resultados gerados pela empresa ao longo dos anos e que os municípios sempre entenderam dever servir para reforçar a capacidade da empresa para dar resposta às necessidades das populações”.

Já o presidente do Conselho de Administração da AR, Francisco Oliveira, que lidera igualmente a Câmara Municipal de Coruche refere que o reforço do capital social “é um sinal de confiança dos municípios acionistas”, acrescentando que “com esta operação será reforçada a credibilidade da empresa municipal junto do exterior e haverá uma melhoria das condições de financiamento dadas pelas instituições financeiras”.

Na mesma assembleia geral foi também aprovada uma alteração aos estatutos em que, entre outras situações, se restringiu o acesso ao capital social da sociedade apenas a municípios e a entidades (em especial, associações) compostas apenas por municípios, deixando de ser possível a participação de privados no capital da empresa.

Estas alterações terão agora de ser aprovadas por parte das câmaras e assembleias municipais dos sete municípios que integram a AR: Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche, Salvaterra de Magos e Torres Novas.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis