chamusca appcoruche ficor

Categoria: Economia

coruchetiragemcortica

A Câmara Municipal de Coruche está a preparar a candidatura da “Tiragem de Cortiça” a património cultural imaterial nacional, como forma de salvaguardar esta “prática singular e de elevada rusticidade”.

Segundo explica uma nota de imprensa da autarquia, “além da promoção e valorização cultural desta prática, este processo pretende salvaguardar e dar a conhecer a arte da tiragem da cortiça, do tirador e toda a envolvência relacionada com a atividade”.

Considerando as suas características únicas no mundo, e a constatação que é um património cultural em risco, o Município lidera este processo de candidatura no âmbito do projeto âncora "Estrutura de coordenação e gestão da parceria da EEC PROVERE O Montado de Sobro e Cortiça 2014-2020".

Esta candidatura “cria a oportunidade da realização de um plano de salvaguarda, de forma a preservar e instituir medidas para que esta atividade tão particular não se perca, assente num modelo participativo”, explica a Câmara.

Os diversos agentes desta fileira apresentaram contributos e propostas num workshop que se realizou no passado dia 5 de fevereiro, no Observatório do Sobreiro e da Cortiça.

Inauguração Sabores do Toiro Bravo, em Coruche - fotos João Dinis