chamusca appmicromineiro slide

Categoria: Economia

iki mobile

A fábrica da Iki Mobile, a primeira unidade industrial portuguesa a fabricar telemóveis, foi inaugurada esta terça-feira, 6 de fevereiro, em Coruche, arrancando com 36 funcionários e uma produção mensal de 35 mil telemóveis, 95% dos quais destinados a exportação.

Números que deverão crescer ao longo dos próximos meses, esperando-se que até ao final deste semestre o número de funcionários aumente para meia centena, numa fábrica em que a marca investiu cerca de 1,6 milhões de euros de capitais próprios, e que tem capacidade para produzir até 100 mil equipamentos por mês.

A unidade industrial, situada na Zona Industrial do Monte da Barca, tem a possibilidade de produzir telemóveis ODM-OEM (telemóveis de marca branca fabricados para operadores).

Tito Cardoso, CEO da Iki Mobile, dirigiu a visita guiada pela fábrica, explicando as diferenças entre as 6 áreas de produção, e revelando que a empresa tem sido muito procurada por marcas que querem telemóveis produzidos em solo europeu, sendo a Iki Mobile uma das principais alternativas ao mercado asiático.

O design, a inovação e a originalidade dos equipamentos são uma das mais valias da nova marca, que encontrou na cortiça uma matéria prima nobre para a construção de telemóveis. "Vamos colocar a tecnologia portuguesa em todos os cantos do mundo", referiu, explicando que a Iki Mobile, que em 2017 vendeu cerca de 400 mil telemóveis, já está em países como Angola e Timor e brevemente poderá também entrar no mercado brasileiro.

A inauguração contou com a presença do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, que destacou a “confiança” revelada pelas empresas que estão a investir e a criar emprego no país, contribuindo para a diminuição do desemprego para 7,8% e o crescimento das exportações, que em 2017 se cifrou nos 11,5%.

Caldeira Cabral salientou a incorporação da cortiça nos telemóveis, realçando as suas propriedades térmicas, que protegem os principais componentes, como o processador, das baixas e altas temperaturas, mas também a função “anti stressantes”, da cortiça.

“Todos sabemos o que é o stress ao telemóvel e por isso mesmo um telemóvel que causa menos stress só podia ser um telemóvel português e aqui de Coruche”, afirmou o governante, num comentário que originou sorrisos entre os convidados da inauguração.

O Ministro recebeu ainda, de oferta, um telemóvel personalizado com o seu nome, mas acabou por oferecê-lo a Tito Cardoso para que este o coloque no stand de entrada da unidade como prova da sua visita e do apreço pela empresa.

A IKI Mobile terá uma prova de fogo no final deste mês, no Mobile World Congresso, em Barcelona (Espanha), onde terá um stand e se apresentará como a primeira marca europeia com equipamentos "made in" Portugal.

NOTÍCIA RELACIONADA:

Primeira fábrica de telemóveis portugueses coloca Coruche no centro do mundo

Santarém: Carnaval Escolar