chamusca appelgalego natal2017

Categoria: Economia

torresnovasnersantministrocverde

A Nersant e Cabo Verde vão assinar em breve um acordo de colaboração para promover o investimento e os negócios entre ambas as entidades.

A decisão foi tomada durante a visita que o primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, fez à sede da Associação Empresarial da Região do Ribatejo, em Torres Novas, onde participou também num almoço debate com representantes de várias empresas ribatejanas

No seu discurso de acolhimento à comitiva cabo-verdiana, o vice-presidente da direção da Nersant, Domingos Chambel, sublinhou "o relacionamento pessoal histórico entre Portugal e Cabo Verde, que tem vindo a evoluir para um relacionamento profissional".

"Esperamos ouvir as oportunidades que Cabo Verde tem para oferecer às empresas da região, para podermos estruturar os nossos investimentos", acrescentou.

Respondendo ao desafio lançado pela Nersant, Ulisses Correia e Silva apresentou as oportunidades do seu país, tendo começado por referir que esta viagem acontece "em prol do investimento e dos negócios".

Referiu que "a prioridade de Cabo Verde é atrair investimento direto estrangeiro. Queremos tirar partido da nossa posição geoestratégica entre Europa, América e África como uma das mais-valias a potenciar.

Para isso, explicou, “Cabo Verde tem, desde 2007, uma parceria estratégica com a União Europeia, não só para criar condições de acesso a mercados, mas também a tecnologia e ciência e beneficia de liberalização de vistos para livre circulação no espaço Schengen".

No final deste encontro, a Nersant e o primeiro ministro comprometeram-se na assinatura de um protocolo através da Agência da Promoção do Investimento e Exportações de Cabo Verde, denominada "Cabo Verde TradeInvest", cuja presidente, Ana Lima Barber, esteve também presente no evento.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis