chamusca appelgalego natal2017

Categoria: Economia

regiaocriacaoempresas

Até ao final do mês de junho de 2107, foram criadas 600 novas empresas e sociedades comerciais no distrito de Santarém, em comparação com o período homólogo do ano passado.

As contas são da Nersant, que analisou os dados da região e chegou à conclusão que foram criadas mais 11 empresas em comparação com os dados referentes ao primeiro semestre de 2016 (589).

Em termos de concelhos, Santarém surge no primeiro lugar, com 99 empresas registadas nos primeiros seis meses de 2017, seguido por Ourém, com 77, Benavente, com 61, Torres Novas, com 50, e Abrantes, com 44.

A associação empresarial sublinha que não há grandes alterações a nível dos concelhos mais dinâmicos na criação de sociedades comerciais, sendo que estes cinco concelhos concentram praticamente 50% do número de novas empresas que surgiram este ano.

“Digno de nota é ainda o crescimento de alguns concelhos do distrito em 2017 em relação ao mesmo período de 2016”, lê-se numa nota de imprensa da Nersant, que explica que “Ferreira do Zêzere aumentou em 150% a criação de sociedades entre janeiro e junho de 2017, Constância aumentou 133% e Sardoal cresceu 100%”.

“De notar ainda o crescimento do concelho de Abrantes, que cresceu 63% em relação ao mesmo período de 2016, saltando do meio da tabela para o top 5 dos concelhos que mais sociedades criaram no 1.º semestre de 2017, substituindo Tomar, que ocupava este lugar em 2016”, afirma a mesma nota.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis