chamusca appTecfresh17

Categoria: Economia

 ccam alcanhoes

O Banco de Portugal autorizou finalmente a fusão entre as Caixas de Crédito Agrícola Mútuo (CCAM) de Pernes e Alcanhões, um processo cujos trâmites legais se arrastavam há vários meses e que se pode agora concretizar.

A decisão foi comunicada pelo Banco de Portugal a 3 de julho e está agora a ser revelada aos associados e clientes das duas instituições, cujas assembleias gerais já tinham aprovado o projeto de fusão.

“Este projeto visa proporcionar aos associados e clientes uma instituição com maior e melhor capacidade de resposta às suas necessidades, mantendo uma forte identidade e profundo conhecimento da realidade socioeconómica das comunidades locais, bem como responder às crescentes exigências legas e regulatórias impostas pelas autoridades de supervisão”, explica o Conselho de Administração da CCAM de Alcanhões.

A nova instituição, resultante da fusão, será denominada Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Pernes e Alcanhões, CRL e irá suceder às duas CCAM’s , assumindo “todos os respetivos direitos e obrigações”, pelo que não serão afetados “os direitos dos respetivos clientes e associados”.

Apesar da criação da nova CCAM, os clientes e associados das CCAM de Alcanhões e Pernes não terão de praticar qualquer acto para que todos os contratos, incluindo os depósitos e créditos, passem para a nova instituição, o que acontecerá automaticamente.

A nova Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Pernes e Alcanhões manterá balcões nas duas localidades.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis