chamusca appmicromineiro keepcalm

Categoria: Economia

torresnovasaguassecestadochancelaria

O secretário de Estado do Ambiente esteve em Torres Novas para apadrinhar o lançamento dos novos sistemas de saneamento da Chancelaria / Pedrógão e Lapas / Ribeira Branca, que a Águas do Ribatejo vai construir em Torres Novas.

Ao contrário da tradição, Carlos Martins não lançou uma primeira pedra, deitou uma pá de betão dentro de um fosso da obra que já decorre na Chancelaria, para assinalar o arranque da empreitada.

Segundo a empresa intermunicipal, neste momento estão a ser executados 20 dos 34 milhões de euros nos sistemas de água e saneamento do concelho torrejano

Projetado para uma população estimada que ronda os 3.100 habitantes, o subsistema de saneamento da Chancelaria / Pedrogão significa um investimento de 4,3 milhões de euros, ao passo que a empreitada das Lapas / Ribeira Grande custará cerca de 3,5 milhões de euros, para servir 2.700 clientes, aproximadamente.

Estas duas obras, segundo a Águas do Ribatejo, fazem parte de um pacote de investimentos de 34 milhões de euros que a empresa estima concluir neste concelho até ao final de 2018.

Para 2017, está previsto o arranque dos sistemas da Rexaldia, Fungalvaz, Lamarosa e Alcorochel, o que garantirá uma cobertura na rede de saneamento de mais de 80% em Torres Novas.

Desert Challenge 2017